Texto de Samir Yazbek integra o projeto Brasil: o Futuro que Nunca Chega

0
31

Acontece no dia 23 de novembro, segunda-feira, às 20 horas, a leitura dramática do texto“A volta da Redentora”, do dramaturgo Samir Yazbek, no Auditório da Folha de São Paulo, com entrada franca. Com direção do próprio autor, o evento conta com participação de Lígia Cortez, Edson Montenegro e Leopoldo Pacheco.

Por meio da relação entre a Princesa Isabel, seu marido (o Conde D’Eu) e José (filho de uma escrava alforriada), a peça, em forma de parábola, propõe um mergulho na questão racial brasileira, recriando os dias que antecederam a assinatura da Lei Áurea, em 1888.

A leitura integra o projeto “Brasil: o Futuro que Nunca Chega” que consiste na montagem de dois textos teatrais do autor e diretor, inspirados em um mesmo período da história do Brasil: a passagem do Império à República. As estréias estão previstas para o primeiro semestre de 2016 (com equipes ainda em fase de definição).

O outro texto, “As boas vindas do Imperador”, cuja leitura foi realizada em setembro no Teatro do SESI Paulista, integrou a comemoração dos 135 anos da imigração libanesa no Brasil, organizada pela Associação Cultural Brasil-Líbano. Também com direção do autor, a leitura (realizada pela Companhia Teatral Arnesto nos Convidou) teve participação de Helio Cicero, Gabriela Flores, Eduardo Mossri, Henrique Zanoni e Michel Nader. No enredo, um repórter investigativo, de ascendência libanesa, narra a visita do Imperador D. Pedro II ao Líbano, em 1876, que originou a primeira grande onda imigratória de libaneses ao Brasil. Essa narrativa relaciona-se aos dias atuais, em que setores da sociedade têm manifestado xenofobia e racismo preocupantes.

Segundo Samir Yazbek, “o principal objetivo do projeto ‘Brasil: o Futuro que Nunca Chega’, ao apresentar duas obras que abordam episódios emblemáticos de nossa história, é sondar um passado que nunca passou, procurando iluminar o presente e orientar o futuro”.

Para saber tudo sobre os eventos e os novos lançamentos da literatura curta a página do Vá de Cultura no Facebook clicando aqui.

O que é? Leitura do texto A volta da Redentora
Quando é? 23 de novembro, segunda
Que horas? 20h
Quanto custa? Vá de Graça
Onde é? Auditório da Folha de São Paulo
Como chegar? Alameda Barão de Limeira, 425
Observações: Inscrições pelo e-mail [email protected]

Gostou deste artigo? Deixe um comentário!