Desmesura, no Centro Cultural São Paulo

0
14

Soropositividade e transexualidade são os temas principais de “Desmesura”, nova montagem do Teatro Kunyn que estreia dia 5 de maio, sexta-feira, às 21 horas, no Centro Cultural São Paulo. Inspirado livremente na vida do dramaturgo argentino Raul Taborda Damonte, o Copi, ainda pouco conhecido no Brasil, o espetáculo traz esses dois assuntos para à cena na fricção com a atualidade.

Em “Desmura” a discussão de gênero ganha, através da vida de Copi, outros contornos, pois o dramaturgo morreu em decorrência de complicações oriundas do HIV, ainda na década de 80, quando os avanços da ciência não haviam trazido alento nenhum aos portadores do vírus. Como um artista que sempre fez questão de friccionar de maneira radical vida e obra, esse assunto esteve também presente em suas peças, de maneira absurdamente incomum e corajosa para a época.

No dia 12 de maio não haverá apresentação. No dia 19 de maio haverá uma apresentação com preço promocional de R$ 3.

Gostou deste artigo? Deixe um comentário!