Concurso premiará melhor campanha sobre a descriminalização da maconha

0
39

Serão nove vagas pelo período de um mês, na sede da nova/sb, em São Paulo. O melhor trabalho será veiculado nos principais meios de comunicação do país e pode render contrato com a agência.

A agência nova/sb está selecionando estudantes e recém-formados para fazer parte da equipe do projeto Comunica Que Muda, uma iniciativa inédita de comunicação digital que pretende aprofundar a discussão sobre temas polêmicos e de grande impacto público, como o da descriminalização da maconha, por exemplo. São nove vagas remuneradas a R$ 1 mil cada para trabalhar nesse projeto especial, na sede da agência em São Paulo. As inscrições vão até 15 de dezembro e podem se candidatar maiores de 18 anos, estudantes e profissionais recém-formados (máximo de 1 ano de conclusão de curso superior). Não há restrição de área, mas é importante ter afinidade com comunicação.

Os currículos devem ser enviados para o email [email protected], acompanhados de um projeto; contendo uma ideia de como o candidato comunicaria eventual mudança na legislação sobre uso da maconha: prós e contras, diferentes públicos, formato, estratégia. A ideia pode ser apresentada em texto curto, vídeo, roteiro, ilustração ou outra forma qualquer que a criatividade de cada um permitir.

A boa notícia é que a melhor campanha será veiculada nos maiores veículos de comunicação do país.

Não importa o tamanho do problema, Comunica Que Muda. Queremos conhecer pessoas criativas, dispostas a contribuir para o debate no país, formando assim uma nova geração de profissionais pensantes, críticos, dispostos a contribuir para a sociedade. Sem falar que é uma oportunidade incrível para os estudantes verem suas ideias estampando uma campanha real em rádio, TV, jornais, outdoor”, destaca Bob Vieira da Costa, sócio fundador da nova/sb e autor do livro ‘Comunicação de interesse público – ideias que movem pessoas e fazem um mundo melhor’.

 

Gostou deste artigo? Deixe um comentário!