Halloween. Uma história Celta que se americanizou e chegou ao Brasil

0
5

E aí vem o halloween, ou o dia das bruxas. O que hoje é conhecido como um dia de comemorações, onde as pessoas saem nas ruas fantasiadas, para pedir doces ou travessuras (trick or treat). E como toda tradição, tem uma origem, nós vamos tentar contar um pouquinho disso aqui.

A origem disso tudo foi há mais de 2500 anos, entre os antigos Celtas. Eles acreditavam que no último dia do verão, no dia 31 de outubro, durante o festival de Samhain, os espíritos dos mortos voltavam para assombrar os vivos, amaldiçoar as colheitas e a criação de animais e para se proteger, durante a noite eles apagavam as tochas e as fogueiras das suas casas, deixando-as o mais desagradável possível, e então eles se fantasiavam e andavam pelas ruas afim de espantar os maus espíritos.

Já a brincadeira de pedir doces, veio de um costume europeu que começou lá no século IX, que se chamava “souling”. Onde no dia dos finados, os cristãos iam nas vilas pedindo um bolinho de groselha que chamava “soul cakes” e para cada bolo que a pessoa ganhasse, ela deveria fazer uma oração para algum parente morto de quem desse o bolo.

Já a origem do nome “Halloween”, vem de “All Hallow’s Eve”, que era uma vigília que os cristão faziam, na véspera do dia de todos os santos.

E apesar de não ser uma coisa brasileira, por causa da influência norte americana, o Halloween acabou chegando por aqui. E afim de valorizar a nossa cultura, que é rica em folclore, foi criado pelo governo, em 2005, o Dia do Saci, comemorado também no dia 31 de outubro. Mas é aí? Vocês conhecem a lenda do Saci? Fiquem atentos as próximas matérias do Vá de cultura, teremos curiosidades incríveis sobre o nosso Saci Pererê.

Gostou deste artigo? Deixe um comentário!