Conheça 7 pontos de São Paulo relacionados ao Dia da Independência

0
35

Sete de Setembro, Dia da Pátria ou simplesmente Dia da Independência, o feriado nacional celebrado no dia 7 de setembro lembra a Declaração de Independência do Brasil do Império Português no ano de 1822. A cidade de São Paulo, considerada hoje o coração financeiro do país, guarda algumas localidades que remetem à independência do brasil, como o Parque da Independência, que abriga diversos pontos relacionados ao roteiro da Independência na cidade. Separamos outros sete pontos relacionados à data.

1 – Monumento à Independência

Localizado às margens do Riacho do Ipiranga, o Monumento à Independência, também conhecido como Monumento do Ipiranga ou Altar da Pátria, marca o local onde Dom Pedro I, Primeiro imperador do Brasil, proclamou a independência do país no dia 7 de setembro de 1822. O monumento, construído pelo escultor Ettore Ximenes e pelo arquiteto Manfredo Manfredi, possui uma cripta onde está localizada a Capela Imperial, construída em 1952 para abrigar os restos mortais de Dom Pedri I, de sua primeira esposa, a imperatriz D. Leopoldina de Habsburgo, e de sua segunda esposa, a imperatriz D. Amélia de Leuchtenberg.

2 – Casa do Grito

Imóvel tombado pelo CONDEPHAAT, a Casa do Grito faz parte do acervo histórico de São Paulo e do conjunto arquitetônico colonial do Brasil. Sua relação com a cena da proclamação da independência se dá pois, em um dos mais famosos quadros sobre a respectiva data, a tela “Independência ou Morte”, também conhecido como “O Grito do Ipiranga”, está representada a cena do momento em que Dom Pedro proclamava a independência e, ao fundo, pode-se ver a pequena casa, hoje conhecida como a Casa do Grito.

3 – Museu do Ipiranga

Parte do conjunto arquitetônico do Parque da Independência, o Museu Paulista da Universidade de São Paulo, ou Museu do Ipiranga, abriga o maior acervo histórico relacionado com a Independência do Brasil. Entre as peças, móveis e obras de arte, destaca-se o quadro Independência ou Morte, pintado por Pedro Américo no ano de 1888.

4 – Igreja de Nossa Senhora da Boa Morte

Localizada na Rua do Carmo, próxima à Praça da Sé, a Igreja de Nossa Senhora da Boa Morte foi construída entre os anos de 1802 e 1810. Conhecido como o templo das boas notícias, sua localização permitia ver quem, pelo Rio Ipiranga, chegava a São Paulo vindo de Santos ou do Rio de Janeiro. Os sinos da igreja teriam anunciado a chegada de Dom Pedro I a São Paulo, e daí a relação do templo com o dia da independência do Brasil.

5 – Pátio do Colégio

Considerado o marco zero e o sítio arqueológico mais importante da cidade de São Paulo, o Pátio do Colégio, ou Pateo do Collegio, na grafia antiga, é o marco inicial no nascimento da cidade de São Paulo. Sede do Governo da Província de São Paulo, o local serviu de hospedaria para Dom Pedro durante sua estada na capital paulista.

6 – Solar da Marquesa de Santos

Considerada uma das residências mais aristocráticas de São Paulo, a casa onde vivia Domitília de Castro e Canto Melo, a Marquesa de Santos, é um dos pontos a se considerar no roteiro relacionado à independência do Brasil. Amante de Dom Pedro com quem teve cinco filhos, a Marquesa de Santos teria conhecido o Imperador em 1822, alguns dias antes da proclamação da independência do Brasil.

7 – Praça do Patriarca

Uma das praças mais antigas da cidade de São Paulo, a Praça Patriarca José Bonifácio, ou Praça do Patriarca, faz menção à José Bonifácio, Patriarca da Independência. O logradouro fica próximo a pontos importantes da cidade de São Paulo, como o Vale do Anhangabaú, Viaduto do Chá e a Rua Líbero Badaró, no Centro da cidade.

Os pontos acima foram listados pela Secretaria de Turismo de São Paulo como parte do roteiro relacionado à Independência do Brasil. E você leitor, gostou desta dica? Tem algum outro ponto para indicar? Deixe sua opinião nos comentários abaixo!

Gostou deste artigo? Deixe um comentário!