Pianistas e intérpretes trazem o melhor da MPB para São Paulo em janeiro

0
17

Mônica Salmaso e André Mehmari, Célia e Nelson Ayres, Alaíde Costa e João Carlos Assis Brasil, Claudette Soares e Leandro Braga interpretam grandes canções da MPB.

A série de concertos A Dama e o Maestro acontece entre os dias 21 e 24 de janeiro de 2016, de quinta a domingo, na Caixa Cultural São Paulo, às 19h15. Com entrada franca, o projeto recebe grandes vozes femininas da Música Popular Brasileira interpretando arranjos de virtuosos pianistas. A cada dia um duo diferente: Mônica Salmaso  e  André Mehmari, Célia e Nelson Ayres, Alaíde Costa e João Carlos Assis Brasil e Claudette Soares e Leandro Braga. As apresentações também antecipam a celebração do aniversário da cidade de São Paulo.

A Dama e o Maestro foi concebido com o intuito de proporcionar ao público refinados encontros entre mestres pianistas brasileiros e grandes intérpretes, musas inspiradoras para os elaborados arranjos criados especialmente para os espetáculos. “Este projeto celebra o que há de mais sofisticado na música popular brasileira”, garante Vander Lopes, coordenador geral.

Mônica Salmaso e André Mehmari abrem a programação na quinta-feira, dia 21. São dois talentos vêm recebendo elogios do público e da crítica por onde passam. Mônica se destaca entre as maiores cantoras brasileiras, cuja voz e afinação lhe renderam vários  prêmios e indicações. André é pianista, arranjador, compositor e multi-instrumentista, considerado pela crítica um artista singular de imaginação vibrante e generosa. No roteiro, clássicos como “Senhorinha”, de Guina e Paulo César Pinheiro, “Camisa Amarela”, de Ary Barroso, “Milagre”, de Dorival Caymmi, “Insensatez”, de Tom Jobim e Vinicius de Moraes, e “Baião de Quatro Toques”, de José Miguel Wisnick.

A segunda noite (sexta-feira, dia 22) promove o encontro o encontro entre a voz suave e de técnica perfeita da cantora Célia ao virtuosismo de Nelson Ayres, um dos maiores pianistas e maestros brasileiros. No programa da apresentação, Célia revisita sua carreira de 45 anos, cantando clássicos como “Adeus Batucada”, de Sinval Sylva, e “Minhas Madrugadas”, de Paulinho da Viola e Candeia.

O terceiro concerto da série (sábado, dia 23) traz artistas de técnicas impecáveis: Alaíde Costa e João Carlos Assis Brasil. Com dois CDs lançados em parceria, Alaíde e João Carlos apresentam improvisos incomparáveis e cheios de criatividade para composições como “Nunca”, de Lupicínio Rodrigues, “Estrada Branca”, de Tom Jobim e Vinicius de Moraes, e “Pois é”, de Tom Jobim e Chico Buarque.

Encerrando a programação (somingo, dia 24), o projeto traz um casamento afinado, entre uma das principais precursoras da bossa nova, Claudette Soares, e o pianista e maestro dos mais requisitados da atualidade Leandro Braga. No repertório, talento e ousadia em arranjos de composições feitas pelo “rei” Roberto Carlos, especialmente para Claudette, como “De tanto Amor” e “Você”, além de clássicos da bossa nova já registrados na voz da artista.

O que é? Temporada: A Dama e o Maestro
Quando é? 21 a 24 de janeiro
Que horas? Quinta a domingo, 19h15
Quanto Custa? #vaDeGraça
Onde é? Caixa Cultural São Paulo
Como chega? Praça da Sé, 111 – Centro – São Paulo

Gostou deste artigo? Deixe um comentário!