Duas Feras Perigosas, na Comedoria do Sesc Pompeia

0
78
Foto: Cristina Granato

O show Duas Feras Perigosas, no dia 31 de maio, quarta-feira, às 21h30. As artistas são conhecidas pela atuação no grupo As Frenéticas, que sacudiu as pistas de dança mais quentes do Brasil no fim dos anos 70 e início dos anos 80. Além de hits como Dancin Days, a dupla contará histórias de bastidores da amizade e da parceria artística que dura 45 anos.

Bem antes de serem “as tais Frenéticas”,  Dulcilene de Moraes (Dhu Moraes) e Sandra Pêra se conheceram em 1972, nos ensaios do musical Pobre Menina Rica, de Carlos Lyra e Vinícius de Moraes. Desde então, a amizade segue rendendo frutos e projetos. Um desses projetos estará no palco do SESC Pompeia, no dia 31 de maio, quarta-feira, às 21h30, na Comedoria.

Com tantas histórias para contar, surgiu a ideia de montar um espetáculo no qual Dhu e Sandra dividem histórias e passagens divertidas dos bastidores da música e do teatro, nesses mais de 40 anos de parceria. O show Duas Feras Perigosas tem direção musical do guitarrista Mimi Lessa, amigo desde o início das Frenéticas. O roteiro e direção são do jornalista e escritor Rodrigo Faour, que colaborou ainda com sugestões musicais para a dupla.

Rodrigo conta que o show resgata um período essencial do fim dos anos 1970 e começo dos 80, quando o Brasil passava por um período em que a emancipação feminina, a liberdade sexual e a contracultura estavam em ascensão. “Hoje vemos isso acontecer novamente com as discussões de gênero, a força do movimento negro e as manifestações políticas na música”, diz Rodrigo.

Ingressos: R$ 20 (inteira), R$ 10 (meia – estudante, servidor da escola pública, +60 anos, aposentados e pessoas com deficiência) e R$ 6 (credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no SESC e dependentes).

Gostou deste artigo? Deixe um comentário!