Universidade de Cambridge digitaliza o primeiro livro colorido do mundo

0
33

Os 138 desenhos que compõe o Manual de Caligrafia e Pintura, considerado o livro colorido mais antigo do planeta, antes intocáveis, devido à fragilidade do livro, estão agora disponíveis a todos os leitores, por meio da internet, graças à equipe da Biblioteca da Universidade de Cambridge, que resolveu digitalizar a obra.

Feito em 1633 pelo estúdio Ten Bamboo, o livro, que é gravado em nanquim, é considerado por especialistas da arte como o mais belo conjunto de impressões já produzido na história.

Este é o exemplo mais antigo e fino de impressão em múltiplas cores em todo o mundo, com 138 desenhos e pinturas, com textos associados, produzidos por cinquenta artistas diferentes. Embora ele tenha sido reimpresso várias vezes, conjuntos completos das primeiras edições, em encadernação original, são extremamente raros.”,comentou Charles Aylmer, diretor do Departamento de Chinês da Biblioteca da Universidade Cambridge.

A técnica utilizada no livro, conhecida como xilografia policroma, criada por Hu Zhengyan, envolve a utilização de diversos blocos de impressão que aplicam cores variadas ao papel, deixando-o com uma aparência semelhante a uma pintura feita em aquarela. Devido a sua fragilidade, o livro nunca esteve ao alcance dos olhos do público.

O conteúdo do livro é dividido em categorias, sendo oito no total e, todas elas apresentam desenhos inspirados em diversos temas, como pássaros, flores, bambus, frutas, rochas e miscelânea. As folhas são dobradas ao meio e o desenho recobre apenas um dos lados do papel. Quase todos os desenhos acompanham um pequeno texto, em sua maioria, um poema.

O trabalho em Cambridge

O trabalho tecnológico de digitalização é desenvolvido na Biblioteca da Universidade Cambridge, famosa por abrigar outras obras históricas. Além do Manual, a coleção é composta por outras raridades da cultura chinesa, como a escrita de Ossos Oraculares, datada de três mil anos, e que também estão disponíveis para consulta no acervo digital.

Abaixo estão alguns dos desenhos que compõe o Manual de Caligrafia e Pintura chinês, mas outras obras estão disponíveis para consulta no site da Biblioteca.

Gostou deste artigo? Deixe um comentário!