OMA galeria comemora três anos com mostra do espanhol Javier Vazquez

0
59
Foto de um dos quadros do artista Javier Vazquez em cartaz na mostra da OMA Galeria

Esta é a primeira vez que o artista espanhol Javier Vazquez expõe no Brasil. As três obras selecionadas serão expostas na OMA, em comemoração ao aniversário de três anos da galeria.

Música, diversão e gente feliz tem tudo a ver com festa de aniversário. Justamente estas três inspirações, e outras, são os temas da exposição inédita de Javier Vazquez, na OMA Galeria. Com abertura marcada para o dia 24 de junho e encerramento para o dia 30 de julho, a mostra retrata uma celebração dos bons momentos vividos por jovens que participam de festas em que o autor costuma frequentar.

Em junho a galeria completa três anos. Nada mais justo que trazer um artista que possui obras carregadas de sensações positivas para iniciarmos um novo ciclo de trabalho”, comenta o galerista do espaço, Thomaz Pacheco.

O significado da mostra de Javier Vazquez

O momento da diversão. Aquele momento único em que você está numa festa e esquece do mundo. Esse é o mote deste trabalho de Javier Vazquez, só que em grande escala, pois a inspiração das pinturas vem dos maiores festivais do planeta. Os quadros apresentam traços e pinceladas grosseiros, que exigem uma atenção especial do observador que deseja compreender o enredo de cada peça. Visto de longe a mensagem é uma: São mensagens de repúdio à obra, como frases em inglês que dizem: Dane-se essa pintura, por exemplo. Quando se olha de perto, porém, a mensagem é outra. A poucos passos é possível enxergar toda a poesia que o artista deseja passar.

Os cenários são memórias captadas em grandes festivais do mundo, como o Festival Coachella, na Bélgica, o Festival Ultra, nos Estados Unidos, o Circuit Festival Barcelona, realizado na Espanha, e o Holly Collor Party, de Londres.

A essência do projeto dele é a observação. Ele mesmo fala que a emoção e a canalização por meio da criação final que é a obra. Ele quer dar um ponto de vista dele de um tempo que o tocou. O projeto, segundo ele, nasceu a partir da observação de como crescem os jovens, que estão sempre rodeados de imagens estereotipadas e impostas”, explica Pacheco.

Três anos da OMA em números

Desde que foi aberta, a OMA Galeria ampliou sua área de atuação, sempre pensando em difundir e compartilhar um pouco do universo das artes plásticas com o maior número de pessoas possível. Abaixo a gente listou alguns dados que comprovam o sucesso desse trabalho no decorrer dos anos.

  • Desde seu surgimento, a OMA Galeria já promoveu 29 exposições (contando a que inicia-se em 24 de junho).
  • O Clube de Colecionadores, projeto que tornam colecionadores uma espécie de patronos do espaço e financia as ações do OMA Educação, vai atingir a marca de 240 obras entregues até o final de 2016.
  • O OMA Educação, que visa a inserção do ensino das artes em escolas, já beneficiou mais mil pessoas diretamente.
  • Entre representados e convidados, mais de 25 artistas já realizaram mostras no espaço.
  • Entre os eventos que a galeria esteve presente com artistas representados, destacam-se os internacionais Vulica Brasil, na Bielorrússia, Thiago Toes, Internationale Werkstattwoche, na Alemanha, Thiago Toes e RIEN e Espace des Arts Sans Frontières, na França, Andrey Rossi, RIEN e Thiago Toes.

Gostou? Então aproveite a semana que vem para conhecer a OMA Galeria e venha ver de perto o trabalho de Javier Vazquez, que expõe pela primeira vez no país. A entrada é totalmente gratuita.

Exposição de Javier Vazquez no OMA
Quando: 24 de junho a 30 de julho
Horário: Terça a sexta, das 10h às 19h; Sábados, das 10h às 14h
Onde: OMA Galeria
Endereço: Rua Carlos Gomes, 69, Centro – São Bernardo do Campo (abre uma nova aba)
Ingressos: #VáDeGraça
Local acessível: Sim

Gostou deste artigo? Deixe um comentário!