MASP, Museu de Arte de São Paulo, tem entrada gratuita às terças-feiras

0
35

Pouca gente sabe mas às terças-feiras os ingressos para entrar no MASP, Museu de Arte de São Paulo, são gratuitos. Se você sempre teve curiosidade de visitar o acervo do museu esta pode ser uma boa oportunidade. Para as crianças menores de 10 anos a entrada é gratuita todos os dias. A foto usada neste artigo é de Raphael Strada.

LEIA TAMBÉM: Theatro Municipal de São Paulo tem ingressos à venda a partir de R$ 3

O Acervo

Criado em 1947 por Assis Chateaubriand, o museu é considerado o mais importante museu de arte do Hemisfério Sul, pois possui o mais rico e abrangente acervo. São mais de oito mil peças da arte ocidental desde o século IV a.C., até os dias de hoje.

A coleção é composta por obras de grandes nomes, como as ‘Alegorias das Quatro Estações’, de Delacroix e as pinturas de Renoir, Monet, Manet, Cézanne, Toulouse-Lautrec e também as de Van Gogh, Gauguin e Modigliani, que registram a importância da arte produzida na França. Também são destaques os retratos das filhas de Luiz XV, imortalizados por Nattier.

Em cartaz

Cinco mostras são destaques na programação do museu para o segundo semestre de 2017. ‘Envolvimentos’, da artista Wanda Pimentel, abriu em maio e fica em cartaz até o dia 17 de setembro. A exposição fotográfica ‘Nada Levarei Quando Morrer’, de Miguel Rio Branco, fica disponível até o dia 1º de outubro. A famosa ‘Toulouse-Lautrec Em Vermelho’ também fica aberta à visitação até 1º de outubro, junto com ‘Montagens’, de Tracey Moffatt. ‘Quem Tem Medo de Teresinha Soares’ fica em cartaz até 6 de agosto, completando a agenda.

Programe-se

O MASP fica na Avenida Paulista, 1578 e abre de terça a domingo, das 10h às 18h. Às quintas o museu fica aberto até as 20h. O museu geralmente abre aos feriados, com exceção do natal e ano novo. Lembrando que às terças o ingresso é gratuito, e nos demais dias custa R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia). A meia entrada está disponível para estudantes, professores e idosos com 60 anos ou mais. Crianças de até 10 anos não pagam.

Gostou deste artigo? Deixe um comentário!