Filme sobre Voldemort foi produzido com dinheiro de financiamento coletivo

0
89

O vilão mais enigmático da saga Harry Potter, aquele que não deve ser nomeado, ganhará um filme só para ele. ‘Voldemort Origins of the Heir’ contará a história do ponto de vista do Lord das Trevas, e esclarecerá algumas perguntas que têm respostas nos livros da saga, mas não foram transpostas para o cinema. A Tryangle Films realizou o filme com o apoio de financiamento coletivo (crowdfunding).

LEIA TAMBÉM: ‘Harry Potter and the Cursed Child’ será a oitava história da saga do bruxo

Produção barrada

Em julho de 2016, a campanha chegou aos ouvidos dos executivos da Warner Bros., que detém os direitos do universo Harry Potter. O estúdio barrou a produção, mas graças ao sucesso e o engajamento dos fãs com o projeto optou por uma flexibilização.

As duas produtoras iniciaram uma conversa e, no fim do ano passado, a Warner autorizou a Tryangle a continuar com a produção. A principal condição, porém, é que o filme não tivesse fins lucrativos.

Tivemos uma discussão privada e confidencial com a Warner Bros., que nos contatou durante o período do financiamento coletivo. A única coisa que posso dizer é que eles nos deixaram continuar com o filme, de um modo não lucrativo, obviamente”, afirmou o diretor Gianmaria Pezzato, em entrevista ao site Polygon.

De graça no YouTube

O filme, no entanto, não vai ser exibido nas telonas. Proibidos de obter lucro com o projeto, os produtores só conseguiram convencer a Warner a dar seu aval à obra quando concordaram em liberá-la de graça no YouTube.

Pontos sem nó

Para os autores, vários pontos da saga Harry Potter ficaram sem explicação na série feita para o cinema. Tomando como base principalmente o sexto filme, ‘Harry Potter e o Enigma do Príncipe’, focaram na explicação de como surgiu o Senhor das Trevas.

Segundo eles, algumas perguntas estão no ar e precisam ser respondidas. O que fez Tom Riddle se tornar Voldemort? O que aconteceu nesses anos e o que realmente houve em Hogwarts quando ele voltou?

Quando estreia?

A produção começou no ano passado e o filme está na fase de pós-produção. Numa previsão otimista, Pezzato espera que o filme esteja disponível até o final deste ano.

Será que vai ser sucesso? Se levarmos em consideração a repercussão do trailer, tudo indica que sim. Postado na web no início de junho, o vídeo já alcançou a incrível marca de 30 milhões de visualizações no Facebook e 1,8 milhão no YouTube. Assista abaixo.

Gostou deste artigo? Deixe um comentário!