Veja três apresentações teatrais de graça nos parques de SP em outubro

0
32

Os Colégios Albert Sabin, Vital Brazil e AB Sabin, de São Paulo, promovem este ano, pela primeira vez, o Projeto Cultura na Rua. A partir da iniciativa, que contempla a realização de eventos culturais gratuitos em São Paulo, os Colégios convidam seus alunos, familiares e todos os cidadãos a ocuparem parques e museus da cidade para prestigiar exposições e apresentações de teatro e música.

Entres as atividades, estão programadas três apresentações teatrais infanto-juvenis, são elas: Um Fusca em Cons(c)erto, da Cia. Rodamoinho, em 04/10, no Parque Villa-Lobos; Medinho Medão, da Cia Viradalata, em 18/10, no Parque do Povo; e João e Maria, da Cia Le Plat du Jour, em 25/10, na Praça Victor Civita. Todas as peças acontecerão em duas sessões, às 11h e às 13h, e têm entrada gratuita. Abaixo você confere, em detalhes, a sinopse de cada uma das peças.

Um Fusca em Cons(c)erto

Vencedor do Prêmio Funarte Artes na Rua em 2013, o espetáculo da Cia. Rodamoinho tem como cenário um automóvel Fusca ano 1983 e conta a história de três artistas de uma companhia teatral que enfrentam problemas para realizar a grande viagem de suas vidas num Fusca. A trilha sonora é realizada ao vivo pelos artistas com instrumentos tradicionais como sanfona, saxofone, percussões variadas e outros objetos sonoros produzidos especialmente para a peça.

A Cia. Rodamoinho é um dos núcleos da Cooperativa Paulista de Teatro e vem comemorando mais de dez anos de existência com a peça Um Fusca em Cons(c)erto e o CD É pra brincar, ouvir e cantar, realizados graças ao PROAC-ICMS, da Secretaria de Estado da Cultura. A peça Um Fusca em Cons(c)erto já passou por diferentes cidades de São Paulo, com temporadas nos SESCs Santo Amaro, Bauru, Taubaté, Vila Mariana, Ipiranga, Interlagos, Itaquera e Santana, e participou de eventos como a VII Mostra de Teatro de Rua de Barueri, o X Feverestival em Campinas, a 9ª edição do projeto Teatro nos Parques e o Circuito Usiminas de Cultura, em Cubatão. Além disso, a Cia. Rodamoinho realizou o projeto Um Fusca em Cons(c)erto nas estradas do Sudeste, pelos estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais, e ganhou o PROAC 14/14, que aconteceu no 1º semestre de 2015 nas cidades de Jandira, Cabreúva, Carapicuíba, Itapevi e Pirapora do Bom Jesus.

Medinho Medão

Com uma estrutura dramática ágil e bem humorada, a peça da Cia Viradalata conta a história de Rafa, um menino que sofre com a ausência de seus pais, que trabalham muito e estão sempre muito ocupados. Além disso, o mundo de Rafa é povoado por medos: de elevador, de formiga, de cair da cama, de barata, de barulho, de ficar sozinho, do escuro, de monstro, etc. Num dia em que todo mundo se esquece de buscar o menino na escola, em sua solitária espera, Rafa cai no sono e seu sonho o leva para um lugar diferente, onde ele começa a entender que ter medo não é uma vergonha e acabar com ele pode ser um desafio muito divertido.

Grande sucesso de crítica e público, o espetáculo é construído a partir do jogo entre os dois únicos atores em cena, Diego Rodda e Marco Barretho, que fazem vários personagens. A precisão das ações físicas, da trilha sonora e dos figurinos e adereços acentuam o caráter versátil e comunicativo do texto. A teatralidade desses recursos formais permite explorar com profundidade o potencial expressivo de cada ator e de cada elemento cênico, criando uma apresentação vigorosa, comunicativa e sensível.

Fundada em 2005 pela atriz e diretora Alexandra Golik, a Cia Viradalata também traz em seu repertório a peça infantil “Coquetel de Fadas” e peças destinadas ao público adulto, como “Sequestro”, “Mamy”, “Killocaloria” e “A Graça do Vira”. Alexandra Golik tem bacharelado em Interpretação Teatral pela Escola de Comunicação e Artes de São Paulo e também estudou na École Internationale de Théâtre de Jacques Lecoq e na École Philippe Gaulier, ambas em Paris.

João e Maria

Em uma criativa montagem, que recebeu o Prêmio Coca-Cola FEMSA de Teatro, em 2007, de Melhor Cenografia, o espetáculo da Cia Le Plat du Jour conta a história de duas aves, Bicudinha e Bicudona, que querem mudar do “ramo do avoar” para o “ramo do cantar”. Narradoras da história, as aves estão em apuros por causa do desmatamento e querem ir embora da floresta.

Enquanto isso, os irmãos J.M. e M.J. enfrentam problemas com a pobreza, pois seu pai, um boneco lenhador com nome onomatopéico, não sabe plantar, só cortar. A comida está acabando e a Madrasta, irritada, ordena ao Pai que leve os filhos até a floresta, para que não voltem nunca mais. Por fim, as aves acabam ajudando os irmãos J.M. e M.J., que conseguem se salvar da bruxa Meméia e voltam para casa.

Com direção de Alexandra Golik e Carla Candiotto, fundadoras da Cia Le Plat du Jour, a história é contada em um palco giratório, com um inventivo cenário de retalhos de tecido, pelas atrizes Beatriz Diaféria e Flávia Strongolli. O grupo teatral surgiu em Paris em 1992, onde começou a desenvolver uma linguagem cômica física, mais especificamente ligada ao palhaço, e tem hoje em seu repertório espetáculos como “As Filhas de Lear”, “Chapeuzinho Vermelho”, “Os Três Porquinhos”, “Insônia”, “Aladim e a Lâmpada Maravilhosa”, “O Poço” e “Peter Pan e Wendy”.

SERVIÇO

Evento: Um Fusca em Cons(c)erto
Data: 04/10, domingo
Local: Parque Villa-Lobos;
Horários: Sessões às 11h e às 13h
Endereço: Av. Professor Fonseca Rodrigues, 2001, Alto dos Pinheiros, São Paulo
Preço: Vá de Graça
Observações: Em caso de chuva, o evento será adiado

Evento: Medinho Medão
Data: 18/10, domingo
Local: Parque do Povo
Horários: Sessões às 11h e às 13h
Endereço: Av. Henrique Chamma, 420, Pinheiros, São Paulo
Preço: Vá de Graça
Observações: Em caso de chuva, o evento será adiado

Evento: João e Maria
Data: 25/10, domingo
Local: Praça Victor Civita
Horários: Sessões às 11h e às 13h
Endereço: Rua Sumidouro, 580, Pinheiros, São Paulo
Preço: Vá de Graça
Observações: Em caso de chuva, o evento será adiado. Na entrada da praça, haverá food trucks de comidinhas salgadas e doces.

Gostou deste artigo? Deixe um comentário!