João o Alfaiate, Um Herói Inusitado, no Sesc Pompeia

0
121
Foto da peça "João o Alfaiate". Foto: Rafael Bis Bis

Com direção de Alvaro Assad, o espetáculo ‘João o Alfaiate – Um Herói Inusitado’ estreia no Sesc Pompeia no dia 6 de maio e fica em cartaz até 18 de junho, com apresentações aos finais de semana, ao meio-dia. A peça é um trabalho inédito da cia. Etc e Tal, do Rio de Janeiro.

Com atuações cômicas de Assad, Marcio Moura e Melissa Teles-Lôbo, a nova montagem do grupo adapta e revisita, de forma inventiva, o conto recolhido pelos irmãos Grimm no livro ‘Contos Para a Infância e o Lar’ – em que os autores compilam clássicos da tradição oral ocidental para crianças e jovens.

O espetáculo conta a história de João, um pequeno alfaiate que esbraveja para o mundo sua valentia ao matar sete insetos pousados em sua refeição. O personagem vive em um reino onde seres fantásticos apavoram a Vila Central e, com o espalhar da notícia, o Rei fica ciente de sua valentia. O monarca manda o alfaiate a uma missão para livrar o reino das terríveis criaturas. Sem saber exatamente o que seria necessário fazer, entre atrapalhadas e desencontros, João – no fim – encontra as soluções para os problemas.

A Etc e Tal dá uma versão ágil na proposta de criar uma encenação para todas as idades, ampliando e aprofundando o repertório ativo da companhia. Nas cenas cômicas, os atores misturam mímicas, cenas farsescas, truques de mágica, pinturas de arte e engenhocas cênicas. A Cia. joga com a desconstrução romântica dos estereótipos de “mundo de fadas”, muito popularizados por adaptações animadas do cinema, e mesclando diversas versões das histórias perpetradas pela literatura e tradição oral. Isso faz com que os atores revelem, de forma criativa, o jogo entre palavra, gesto e ludicidade temática do protagonista.

Ingressos: R$17,00 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$8,50 (pessoas com +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$5,00 (inteira).

Gostou deste artigo? Deixe um comentário!