Mais de 600 projetos culturais ganham apoio do ProAC na capital e interior

0
6

A Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo acaba de anunciar os projetos culturais contemplados de 18 dos seus 45 editais ProAC, programa de incentivo mantido pelo Governo do Estado de São Paulo, lançados entre maio e novembro desse ano. Até o momento, foram definidos os contemplados dos segmentos de teatro, artes cênicas, circo, dança, festivais de artes, artes visuais e museus. Os demais devem ter seus resultados divulgados até o final de novembro deste ano.

Iniciativas de proponentes de cidades como Campinas, Presidente Prudente, São José do Rio Preto, Sorocaba e Araraquara receberão apoio para a realização de seus projetos ao longo de 2016. Confira abaixo o resultado de cada edital:

Teatro

Os três editais direcionados ao teatro, tanto adulto como infantil, contemplaram 65 projetos. Confira nos links abaixo o resultado final:

Circulação de Espetáculo de Teatro: http://goo.gl/q6fks3
Espetáculo e Temporada Inédita de Teatro: http://goo.gl/rruwBd
1ª Obra e Temporada de Teatro: http://goo.gl/4SE2nD

 Artes Cênicas

Já os três editais direcionados às artes cênicas selecionaram 40 projetos de todo o Estado:

Circulação de Espetáculo de Artes Cênicas para Rua: http://goo.gl/o5qOwW
Circulação de Espetáculo de Artes Cênicas Infantil/Juvenil: http://goo.gl/XIlt8N
Espetáculo e Temporada Inédita de Artes Cênicas Infantil/Juvenil: http://goo.gl/2hzECU

Dança

O apoio para dança também veio de três editais. Ao todo, 30 projetos foram contemplados. Confira os selecionados:

Produção de Espetáculo inédito e Temporada de dança: http://goo.gl/AXVL0n
Circulação de Espetáculo de Dança: http://goo.gl/Qr3bO6
1ª Obra de Produção de Espetáculo de Dança: http://goo.gl/MZZ10P

Festivais

Para a realização de Festivais de Artes em todo o estado, a Secretaria da Cultura destinou R$ 3,750 milhões, distribuídos em 40 projetos, com prêmios de R$ 50 mil a R$ 200 mil.

Festivais de Artes I: http://goo.gl/wGK75t
Festivais de Artes II: http://goo.gl/4kn3vS

Circo:

Dois editais foram lançados para apoiar e incentivar o desenvolvimento de grupos e artistas circenses.  Conheça as iniciativas contempladas:

Montagem e Temporada de Espetáculo de Circo: http://goo.gl/qfjpyt
Produção e Apresentações de Número Circense: http://goo.gl/ODAK21

Artes Visuais

35 projetos independentes de Artes Visuais receberão apoio financeiro para a realização de suas iniciativas em 2015. Confira os contemplados:

Produção e Exposição de Artes Visuais: http://goo.gl/d418m7
Produção de Livro de Artista: http://goo.gl/qlHzkm
Espaços Independentes Vinculados às Artes Visuais: http://goo.gl/bSQuGN

Museus

Os museus paulistas ganharam mais uma forma de apoio com os editais do ProAC, que vem para somar os recursos dos espaços, tanto para preservação como para difusão do acervo. No total, os dois editais vão disponibilizar R$ 1,2 milhão. Confira os museus selecionados.

Difusão de Acervos Museológicos: http://goo.gl/oD2lZx
Preservação de Acervos Museológicos: http://goo.gl/WDAKGt

Mais informações no site da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo – http://www.cultura.sp.gov.br.

Saiba Mais sobre ProAC Editais

Com o objetivo de fomentar e difundir a produção artística em todas as regiões do Estado, o Programa de Ação Cultural (ProAC) apoia financeiramente projetos artísticos, selecionados por meio de editais. O ProAC busca descentralizar o acesso da população à arte, estimulando a circulação de espetáculos e a produção em cidades do interior e litoral de São Paulo.

Lançados anualmente, os editais funcionam como concursos, nos quais os projetos inscritos são avaliados por uma comissão composta por especialistas do segmento escolhido. Os grupos beneficiados pelo ProAC devem obrigatoriamente oferecer contrapartidas sociais, na forma, por exemplo, de exibição de espetáculos a preços populares ou gratuitos. Assim, o programa também promove o acesso da população à produção artística regional.

O programa já beneficiou, ao longo de nove anos, quase quatro mil projetos e passou por ajustes nos últimos dois anos para tornar seu uso mais simplificado para os proponentes, principalmente do interior e litoral do Estado, e mais transparente para os cidadãos em geral.

Gostou deste artigo? Deixe um comentário!