Apresentações de teatro e dança são destaque gratuitos no SESC Campo Limpo

0
29

A agenda de dezembro do SESC Campo Limpo está repleta de atrações imperdíveis. Desta vez, os destaques estão nas apresentações de teatro e dança, com o espetáculo Ledores no Breu, peça teatral inspirada no texto Confissão de Caboclo, do poeta Zé da Luz, e a intervenção de dança Duo Para Dois Perdidos, baseada no universo do texto teatral Dois Perdidos Numa Noite Suja, de Plínio Marcos.

Ledores no Breu, com Dinho Lima Flor: Inspirado no texto Confissão de Caboclo, do poeta Zé da Luz, e no pensamento e prática do educador Paulo Freire, o espetáculo Ledores no Breu – interpretado por Dinho Lima Flor e dirigido por Rodrigo Mercadante – trata das relações entre o homem sem leitura e sem escrita com o mundo ao seu redor. Histórias entrelaçadas que acompanham analfabetos em pleno século XXI, homens percorrendo distâncias para elucidar suas dúvidas, seus erros e seus crimes. Há o homem que não lê, habitante do breu, que por isso mesmo é capaz de assassinar o bem maior de sua vida. Há também outro homem que lê, mas não consegue interpretar o texto, perdendo-se num mar de palavras sem sentido. Há ainda aqueles que leem as palavras, mas não leem o mundo: são muitos os ledores no breu.

O espetáculo reflete sobre várias questões: O que é ser analfabeto em São Paulo, nos grandes cruzamentos de capitais do Brasil; qual o valor da palavra nesse mundo em que vivemos; o que faz com que a cultura seja a porta-voz não só de um desejo de emancipação, mas, paradoxalmente, também sirva de mecanismo de exclusão e demarcação de fronteiras sociais se apoiando em preconceitos linguísticos. Os ledores do breu circulam nas esferas da leitura do mundo e leitura das letras. O Espetáculo pretende ser uma reflexão sobre as consequências do analfabetismo e, principalmente, do analfabetismo funcional. A partir de textos de Paulo Feire, Lêdo Ivo, Zé da Luz, Patativa do Assaré, Luiz Fernando Veríssimo, Frei Betto, canções de Cartola, Jackson do Pandeiro e Chico César, figuras se cruzam, histórias se embaraçam e tecem as trajetórias dessas vítimas do crime de não saber ler.

Duo Para Dois Perdidos, com Dual Cena Contemporânea: Baseado no universo do texto teatral Dois Perdidos Numa Noite Suja, de Plínio Marcos, o espetáculo de dança Duo Para Dois Perdidos, de Ivan Bernardelli, aborda a relação entre dois mundos corporais extremamente distintos em choque e diálogo a partir de suas singularidades. A interpretação é dos atores Ivan Bernardelli e Hélio Feitosa.

O espetáculo propõe uma interface com o teatro e lança olhares sobre a desigualdade, exploração e injustiça social, contracenando sob um léxico característico do cidadão urbano brasileiro.  Investigando elementos da cultura hip-hop, os dois bailarinos propõem uma escrita dramatúrgica que descola a superfície da realidade para revelar o brilho do ser humano em sua condição essencial e em suas singelezas mais plenas.

A companhia Dual Cena Contemporânea foi criada em 2011 e reúne integrantes de diversas áreas, propondo uma interface entre dança, teatro e arquitetura. Pensado para espaços não convencionais, Duo para Dois Perdidos já participou do festival Circuito Vozes do Corpo, em São Paulo, e da Bienal Internacional de Dança do Ceará, em 2014 e Bienal Sesc de Danças em 2015.

O que é? Duo Para Dois Perdidos
Quando é? 05 e 06 de dezembro
Que horas? 18h

O que é? Ledores no Breu
Quando é? 11 e 12 de dezembro
Que horas? Sexta, às 20h30. Sábado, às 19h

Quanto custa? #vaDeGraça
Onde é? SESC Campo Limpo
Como chega? Rua Nossa Senhora do Bom Conselho, 120 – Campo Limpo – São Paulo

Gostou deste artigo? Deixe um comentário!