Vá de Cultura

O fenômeno latino que continua vivo em cada coração Rebelde

Teaser de novo documentário encheu os fãs de sexteto de esperanças

Já fazem 14 anos que o mundo recebia o maior fenômeno latino pop dos últimos anos. A banda RBD que surgiu da novela da Televisa, exibida aqui no Brasil pelo SBT “Rebelde” cresceu de forma descomunal e conseguiu o que nenhum grupo latino havia conseguido até então: fazer sucesso em nível mundial.

A importância do sexteto formado por Dulce Maria, Anahi, Maite Perroni, Christian Chávez, Christopher Uckerman e Alfonso Herrera pode ser comparada a importância da cantora Shakira para disseminação da música latina ao redor do mundo, a prova disso é que mesmo após dez anos do seu show de despedida, a banda segue tendo fãs fiéis até os dias de hoje.

Há alguns anos Pedro Damián, produtor da novela revelou que futuramente iria lançar um documentário sobre a banda, porém esse assunto morreu e nada mais se falou sobre. Nesta semana, um teaser do possível documentário foi vazado e esquentou novamente o coração rebelde dos fãs. Após o vazamento, a Televisa se pronunciou confirmando o teaser e informou que não há data de lançamento ainda, porém o documentário vai mostrar parte das 180h gravadas dos bastidores do show e da vivência com a banda. A Televisa ainda informou que “grandes segredos serão revelados”.

Mas o que faz os fãs da banda continuarem a ter tanta esperança de um retorno da banda ou até mesmo do lançamento de um documentário? O que a banda tem de tão atraente que ainda chama atenção na mídia toda vez que surge qualquer burburinho sobre ela? O Va de Cultura preparou um especial para você conhecer mais, relembrar e preparar seu coração Rebelde para o que há de vir, confira:

O nascimento do fenômeno

Televisa/Divulgação

Em 2004 o SBT anunciava o lançamento da novela “Rebelde” em horário nobre no canal. A trama acontece no Elite Way School, um prestigiado colégio da elite mexicana e mostra as descobertas da vida de um adolescente. Amores, problemas familiares, questões existenciais são temas recorrentes da novela. Entre os estudantes está Mia Colucci, Miguel Arango, Roberta Pardo, Diego Bustamante, Lupita e Giovanni. Apesar de serem 6 adolescentes completamente diferentes, uma coisa vai uni-los: o amor pela música, que dará origem a banda RBD.

Junto com a primeira temporada novela, o primeiro álbum da banda foi lançado. Intitulado “Rebelde”, o álbum de 2004 conquistou cinco prêmios, entre eles o Billboard Latin Music Awards de “Melhor Álbum Pop Latino” dupla ou grupo e novo artista. O álbum conquistou disco de Diamante no Brasil, Chile e México, já a conquista de discos de Platina vieram da Colômbia, Equador, Espanha e Estados Unidos. Com o sucesso estourando no mundo todo, a banda sairia em sua primeira turnê “Tour Generácion RBD” que rendeu um DVD lançado no ano de 2005.

No mesmo ano de lançamento de seu primeiro DVD, a banda lançou o álbum “Nuestro Amor” que seguia o lançamento da segunda temporada de “Rebelde” e continuou a ser reproduzido na trama até a terceira e última temporada. Com “Nuestro Amor” a banda conseguiu sua primeira indicação para o Grammy Latino e ganhou estatuetas do Premios Juventud na categoria Me Muero Sin Ese CD (eu morro sem esse CD) e do Premio Lo Nuestro na categoria Álbum Pop Latino do Ano.

EMI/Divulgação

O terceiro álbum do sexteto lançado em 2006 “Celestial” e rendeu ao grupo disco de ouro em quatro países diferentes (Espanha, Estados Unidos, Peru e Roménia). O álbum marca a primeira turnê da banda no Brasil que originou o DVD “RBD Live In Rio” gravado no Maracanã lançado em 2007. No ano de 2006 a banda também presenteou os fãs com um DVD e álbum ao vivo gravado em Hollywood, o show com uma pegada mais acústica foi um dos maiores sucessos da banda. Neste ano também foi lançado o “Rebels”, álbum da banda com novos lançamentos e regravações em inglês.

Nesta época, alguns integrantes já estavam se envolvendo com trabalhos fora da banda. Maite por exemplo gravava sua primeira novela após “Rebelde”. Já Christopher começava a discutir futuros projetos com a distribuidora Fox e alguns outros integrantes como Dulce Maria e Anahi pensavam em continuar na carreira musical porém sem a banda. Christian sofrerá um golpe neste período: sua sexualidade havia sido exposta após vazamento de fotos com o até então seu marido, era a primeira vez que um artista com tamanha visibilidade encararia a homofobia e as mídias tratariam de forma abusiva o assunto.

Divulgação “Live in Hollywood”

Em 2007 o penúltimo álbum da banda “Empezar desde cero” foi lançado com uma sonoridade muito diferente dos outros. Após alguns meses, o DVD “Hecho en España” com o show da banda foi lançado, e uma mini série de comédia ambientada na vida da banda foi lançada, “RBD La Familia” teve 13 episódios, foi exibida pela Televisa entre março e junho deste ano.

Em 15 de agosto de 2008 a banda anunciou sua separação através de uma carta e deu início a “Tournée do Adeus” que teve sua última apresentação em 21 de Dezembro de 2008. Como forma de despedida, a banda ainda lançou no ano seguinte o álbum “Para Olvidarte de Mi”, um dvd com um show feito em Brasília e por úlitmo um dvd com o último show da banda que aconteceu em São Paulo no Anhembi da Turnê do Adeus.

Banda durante apresentação em Brasília/ Divulgação

Mesmo após dez anos do adeus, a banda ainda segue sendo a mais premiada do mundo tendo um total de 180 prêmios em apenas quatro anos. Além disso, o RBD ganhou o prêmio Tu Mundo que só é dado para grupos que quebram mais de sete recordes mundiais, 6 discos de diamante, 82 de platina e 71 de ouro e foi a primeira e única banda latina que ultrapassou barreiras e se consolidou mundialmente.

Em seus quatro anos, a banda RBD espalhou mensagem de igualdade, união e distribuiu amor em cada lugar que passou. Tanto a novela quanto a banda teve real impacto na vida de seus fãs que fazem questão de não deixar morrer a memória da melhor banda latina que já existiu.

O Documentário RBD ainda não tem data para lançamento mas promete emocionar os fãs da banda. Confira:

Paula Prata

Estudante de comunicação social com foco em Jornalismo, redatora, apaixonada por musicais, teatro, música, cinema, TV e cultura pop em geral.

/* ]]> */