Vá de Cultura
Publicidade

Mostra Excêntrica traz o melhor da cultura LGBT em filmes, exposições, shows, performances e debates

Divulgação
Publicidade

A Mostra Excêntrica, um dos maiores eventos de difusão da cultura LGBT+ em São Paulo, acontece de 02 a 27 de Outubro de 2018, na Oficina Cultural Alfredo Volpi (Rua Américo Salvador Novelli, 416 – Itaquera, zona leste de São Paulo). De caráter multilinguagem e inteiramente gratuita, a programação da Mostra traz apresentações teatrais, exibição de filmes, exposição fotográfica, shows musicais, performances, oficinas e debates.

Desde a primeira edição o principal objetivo do evento é promover o diálogo sobre questões da população LGBT+,  provocando debates e questionamentos sobre Corpo, Sexualidade, Identidades e Arte. O financiamento é do Programa de Valorização de Iniciativas Culturais da secretária de cultura da cidade de São Paulo – VAI.

Excêntrico, para nós, refere-se a aquele que incomoda, que está a margem, fora do padrão ou de um centro”, explica Rodrigo Mar, integrante do Coletivo Sankofa e um dos organizadores. Essa edição será realizada na Oficina Cultural Alfredo Volpi, na região de Itaquera, privilegiando um espaço que proporcione maior aproximação e formação de público.

 

PROGRAMAÇÃO

A Mostra Excêntrica, um dos maiores eventos de difusão da cultura LGBT+ em São Paulo, acontece de 02 a 27 de Outubro de 2018, na Oficina Cultural Alfredo Volpi (Rua Américo Salvador Novelli, 416 – Itaquera, zona leste de São Paulo). De caráter multilinguagem e inteiramente gratuita, a programação da Mostra traz apresentações teatrais, exibição de filmes, exposição fotográfica, shows musicais, performances, oficinas e debates.

Desde a primeira edição o principal objetivo do evento é promover o diálogo sobre questões da população LGBT+,  provocando debates e questionamentos sobre Corpo, Sexualidade, Identidades e Arte. O financiamento é do Programa de Valorização de Iniciativas Culturais da secretária de cultura da cidade de São Paulo – VAI.

Excêntrico, para nós, refere-se a aquele que incomoda, que está a margem, fora do padrão ou de um centro”, explica Rodrigo Mar, integrante do Coletivo Sankofa e um dos organizadores. Essa edição será realizada na Oficina Cultural Alfredo Volpi, na região de Itaquera, privilegiando um espaço que proporcione maior aproximação e formação de público.

 

PROGRAMAÇÃO

 

02/10

19hs – Coquetel de Abertura

19hs  – Abertura da Exposição “Novas Mitologias” de Bruno Marcitelli e Acervo do Museu da Diversidade Sexual

20hs  – Roda de Conversa  – “Disputas de narrativas e resistências na Arte”

03/10

20hs – Espetáculo “Meninos também amam” – direção: Rafael Guerche

06/10

17hs – Roda de Conversa – “Espaços de referência e resistências na cidade”

19hs  – Pocket Show com Monna Brutal

10/10

20hs –  Espetáculo “Dama da Noite” com Luiz Fernando de Almeida

20hs – Espetáculo “Cartas a Madame Satã ou me desespero sem notícias suas” – Os Crespos

19/10

19hs – Performance teatral “#2017-445” do Coletivo Bixa Pare

20hs – Cinema: “Economicamente Gay”, de Adri Ona

24/10

20hs – Espetáculo: “Gotas de Codeína” com Luiz Fernando de Almeida

27/10

15hs – Performances Drag

16h30 –  “Pátria Amada” da  CiA dXs TeRrOrIsTaS

19hs – Baile Helipa LGBT+

20hs – Pocket Show com  Rico Dalasam

Paula Prata

Estudante de comunicação social com foco em Jornalismo, redatora, apaixonada por musicais, teatro, música, cinema, TV e cultura pop em geral.

Publicidade
Publicidade
/* ]]> */