Sesc Pompeia homenageia o choro com shows gratuitos em julho

0
151

Um dos ritmos musicais mais característicos do Brasil ganhará uma homenagem durante as terças-feiras de julho. O choro, ou chorinho, como é popularmente conhecido, será celebrado no SESC Pompeia em quatro shows gratuitos. As fotos utilizadas neste artigo são de Richard Kaby.

A programação começou no dia 4 com o lançamento do álbum ‘Baianato’, do artista baiano Messias Britto. Além desta, outras três apresentações, duas do Clube do Choro e outra do músico Antônio Rocha, compõem o calendário.

Clube do Choro

Os integrantes se apresentarão em duas datas, nos dias 11 e 25, sempre às 21h. Cada show contará com uma roda de choro diferente. A do dia 11 terá Edmilson Capelupi (violão de 7 cordas), Paulo Ramos (violão), Leo Thomsen (cavaquinho), Lucas (pandeiro), Nicolo de Caro (percussão), John Harbone (trombone) e Maik Oliveira (bandolim), além dos convidados Sheila Zagury (piano), Daniela Spielmann (sax) e Toninho Carrasqueira (flauta).

Já no dia 25 a música fica por conta de Lula Gama (violão de 7 cordas), Felipe Soares (acordeão), Ailton Reiner (bandolim), Ivan Pereira (pandeiro), Luis Lobo (percussão), Bira Nascimento (gaita), Alexandre Moura (violão), Daniel Taurizano (cavaquinho), Carla Pronsato (piano) e o convidado carioca Dirceu Leite (flauta, sax e clarinete).

O Clube

O Clube do Choro de São Paulo ressurgiu em agosto de 2015 a partir da união de mais de 300 músicos atuantes dentro do cenário musical. No palco do Clube já estiveram alguns dos maiores nomes do gênero, como Hamilton de Holanda, Déo Rian e Regional Imperial, Izaías e seus Chorões, Grupo Ordinarius, Proveta e Alessandro Penezzi, Nicolas Krassik e Mestrinho, André Mehmari, Thiago Espírito Santo, Luizinho 7 cordas, Rogério Caetano, Grupo Panorama do Choro e muitos outros.

Antônio Rocha

O músico fará o lançamento de seu novo disco ‘Flauta Brasileira’, uma homenagem a Altamiro Carrilho. No show, Antônio, que toca flauta transversal, é acompanhado de seus parceiros do regional Época de Ouro: Toni 7 cordas (violão), Jorge Filho (cavaquinho) e Celsinho Silva (pandeiro). A apresentação será no dia 18, às 21h.

O Chorinho

O gênero surgiu no Rio de Janeiro em meados do século 19, por meio de versões ‘abrasileiradas’ de ritmos africanos, como lundu e batuque, e danças de salão europeias, como a valsa e polca.

Programe-se

O SESC Pompeia fica na Rua Clélia, 93. A capacidade da Comedoria, espaço onde os shows ocorrerão, é de 800 pessoas. Os assentos são limitados a 150 por ordem de chegada. Abertura da casa é as 20h30. Os ingressos são gratuitos e devem ser retirados com 1 hora de antecedência na bilheteria.

Gostou deste artigo? Deixe um comentário!