Música: Fábrica de Cultura desenvolve projeto inédito

0
8

Parceria com a Tratore permite que jovens recebam orientação musical com artistas consolidados e trabalhem na criação e gravação de músicas nos estúdios das Fábricas

 

Incentivar a produção musical e oferecer novas possibilidades para os jovens talentos de São Paulo: esses são os objetivos do projeto Atalhos Sonoros. Criado pelas Fábricas de Cultura, programa da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo gerenciado pela Poiesis, o projeto é uma parceria com a Tratore, distribuidora de música independente, e tem como objetivo estimular trocas de experiências, ampliando o conhecimento de novos artistas por meio da mentoria realizada por profissionais com trajetória consolidada no mercado independente. A segunda edição do projeto promove show gratuito com os artistas Lilia Garcia e Guto Andrade no dia 8 de abril, sábado às 16h00, na Fábrica de Cultura Jardim São Luis, após cinco dias de ensaios e trocas de experiências realizados na unidade.

Entre os dias 03 e 07 de abril, os artistas selecionados pela Fábrica trabalham com o duo NU (Naked Universe), escolhido pela Tratore para realizar a mentoria. Após quatro dias de ensaios, os músicos gravam as canções trabalhadas no estúdio da Fábrica e, para finalizar a edição, apresentam no dia 08 de abril um pocket show para mostrar o resultado ao público. “Esse projeto é de extrema importância, e a parceria da Fábrica com a Tratore é uma motivação para pessoas que sonham em ter sua música divulgada. Na minha carreira será uma grande alavancada”, conta Lilia Garcia.

A primeira edição do Atalhos Sonoros aconteceu entre 31 de janeiro e 05 de fevereiro na unidade Vila Nova Cachoeirinha e obteve ótimos resultados: as bandas Sludge Hands e Marilu e o Velotrol, selecionadas pela Fábrica, receberam mentoria do DJ Craca, artista escolhido pela Tratore, gravando suas canções e se apresentando ao público da unidade. A banda Sludge Hands nasceu na Fábrica de Cultura, com aprendizes que se uniram para ensaiar músicas autorais no próprio espaço da unidade e que logo passaram a se apresentar em eventos dentro e fora da Fábrica. “A banda tem um ano e meio e sempre utilizou a Fábrica como ferramenta de crescimento. A experiência do Atalhos Sonoros foi importante para ver que podemos misturar estilos musicais e criar algo com nossa característica. Aprendemos muito nos três dias com o pessoal”, explica Gustavo Ronaldo, integrante da banda.

 

SOBRE A PARCERIA
Os estúdios das Fábricas de Cultura estão abertos a novas experimentações musicais desde 2015 e a parceria com a Tratore tem o objetivo de fortalecer os caminhos para profissionalização de músicos das periferias, bem como a circulação e formação de novas plateias. Considerada uma das principais distribuidoras de música do Brasil, ela faz a ponte entre o artista e os canais de distribuição como lojas, sites e plataformas de música. “O cenário musical só pode se beneficiar de instituições como as Fábricas de Cultura que ajudam a aumentar a explosão criativa da música brasileira além de informar e educar musicalmente o jovem artista”, diz Maurício Bussab, diretor da Tratore.

Com a parceria entre Fábricas de Cultura e Tratore, músicas gravadas nas Fábricas são distribuídas nas plataformas digitais pela Tratore sem a cobrança das taxas de cadastro. Coletâneas temáticas das Fábricas também são lançadas pela distribuidora, como o álbum “O Som das Fábricas de Cultura – Coletânea 2016”, formado por canções de dez artistas, todas gravadas nos estúdios das Fábricas em 2016. O álbum está disponível em plataformas digitais como Spotify (ouça aqui) e os valores arrecadados com as vendas e execuções são diretamente repassados pela Tratore aos artistas participantes.

SERVIÇO: “Atalhos Sonoros” na Fábrica de Cultura Jardim São Luis
8/4, sábado às 16h.
Atividade gratuita, sem necessidade de inscrição prévia.

Endereço: Rua Antônio Ramos Rosa, 651 – Jardim São Luis, São Paulo – SP
Telefone: (11) 5510-5530
Horário de funcionamento: de terça a sexta, das 10h00 às 20h00. Sábados, domingos e feriados, consultar a programação.
Site: www.fabricasdecultura.org.br
Acessibilidade no local.

Gostou deste artigo? Deixe um comentário!