Festivais da Coxinha e do Hot Dog chegam na Av. Paulista em Novembro

0
615
festival-do-hot-dog-e-da-coxinha
1°Festival do Hot Dog, 5°Festival da Coxinha e o 6ª Balada ao Ar Livre acontecem no dia 26 de Novembro (domingo), A partir das 11h

Fãs de hot dog, chegou a vossa vez! O Espaço As Meninas também adora esse maravilhoso sanduba e para festeja-lo fará um Festival dedicado a ele no dia 26 de novembro, das 11h às 19h, no Quintal da Bela

Festival do Hot Dog

Sobre o novo festival, Elaine Vilela, sócia-proprietária do Espaço As Meninas afirma:

Apesar de ser uma gostosura típica dos Estados Unidos, há muito tempo o hot dog ou o nosso cachorro-quente é uma das paixões dos paulistas e dos brasileiros. Quem resiste? Ainda mais com essa maravilha ganhando novos ingredientes e sabores. É irresistível! A pedidos, vamos satisfazer a vontade dos amantes dessa delícia”

5º Festival da Coxinha

Paralelamente ao 1°Festival do Hot Dog, acontecerá o consagrado Festival da Coxinha do Espaço As Meninas. “Adoramos promover misturas que parecem inusitadas, mas que têm muito a ver. Vamos atender, também, os constantes pedidos dos amantes da coxinha e promover o 5° Festival dessa gostosura”, antecipa Elaine Vilela. No cardápio, coxinhas tradicionais, com catupiry, vegetarianas, veganas, doces, de brigadeiro recheadas com morango, e muito mais.

6ª Balada ao Ar Livre

Para animar o encontro festivo, a 6ª Balada ao Ar Livre. Como em time que está ganhando não se mexe, novamente o som ficará sob a batuta do festejado DJ das noites paulistanas Dinho Garcia. Inúmeros sucessos dos anos 80 e 90 vão embalar a trilha sonora, que contará com aula gratuita de “passinhos” do professor Hiago Queiroz.

1º Festival do Hot Dog e 5º Festival da Coxinha e 6º Balada ao Ar Livre
Quando: 26 de Novembro
Horário: Domingo das 11h às 19h
Onde: Quintal da Bela
Endereço: Rua Bela Cintra, 954 (próximo da estação Consolação do metrô)
Ingressos: Grátis | #Vádegraça
Observações: A entrada é gratuita mas os pratos são pagos. O preço varia de acordo com o fornecedor.

 

Gostou deste artigo? Deixe um comentário!