Vá de Cultura
Publicidade

Museu de Arte Moderna de São Paulo completa 72 anos

Crédito: Karina Bacci/ Facebook [email protected]
Publicidade

O Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM) promove, durante todo o mês de julho, uma intensa programação online para comemorar seus 72 anos. O público terá acesso a diversos conteúdos e as ações propostas durante o mês têm como ponto de partida os seguintes temas:

  • O papel da mulher na evolução da arte no país
  • A missão pedagógica do espaço
  • A cultura afro-brasileira
  • O moderno e o contemporâneo
  • Momento atual e mostras virtuais

Artistas mulheres

Para inaugurar a programação de aniversário, o museu fez uma homenagem a produção de artistas como Tarsila do Amaral, Anita Malfatti, Tomie Ohtake e Amelia Toledo. A retrospectiva da mostra “A Contribuição da Mulher às Artes Plásticas do País”, realizada em 1960, destacou de forma emblemática a relevância do papel das mulheres na evolução da arte moderna no país.

A missão pedagógica do espaço

De 6 a 12 de julho, a programação abordou a atuação do Educativo e reforçou o objetivo pedagógico do espaço. Entre os conteúdos, o MAM resgatou a exposição “Educação como matéria prima”, de 2016, que teve curadoria de Daina Leyton e Felipe Chaimovich.

A proposta é incentivar uma refelxão sobre a atuação dos museus como espaços de educação e que possibilitem reflexões na sociedade.

Cultura afro-brasileira

“A Mão Afro-Brasileira”, exposição realizada pelo espaço em 1988, também será relembrada entre os dias 13 e 19 de julho. A mostra apresentou um panorama das produções de autoria negra com obras de Aleijadinho, Rubem Valentim, Gervane de Paula e Mestre Didi.

Nesta mesma semana, O MAM também irá realizar uma oficina online de ritmos africanos e um encontro virtual com Suzane Jardim, historiadora e educadora em questões étnico-raciais.

O moderno e o contemporâneo

Entre os dias 20 e 26 de julho, o conteúdo proposto pelo espaço transitará entre o modernismo, a arte indígena como arte contemporânea e a exposição inaugural do Museu “Do figurativismo ao abstracionismo”, de 1949.

Momento atual e mostras virtuais

Para encerrar o mês de aniversário, o MAM abordará, entre os dias 27 e 31 de julho, o momento atual da cultura brasileira: as experiências virtuais na plataforma Google Arts & Culture – que contará com recortes de exposições que serão inauguradas na reabertura do museu: “Antônio Dias: derrotas e vitórias”, “Clube de Colecionadores do MAM – 20 anos” e “Projeto Parede, rocabarroca” de Thiago Honório.

Você pode acompanhar toda a programação especial pelas hashtags #MAM72 #MAMsp72 nas redes sociais.

Sobre o Museu de Arte Moderna de São Paulo

Fundado em 1948, o Museu de Arte Moderna de São Paulo conta com mais de 5 mil obras produzidas por diversos nomes. O conteúdo das exposições e das atividades é acessível a todos os públicos por meio de visitas mediadas em libras, audiodescrição das obras e videoguias também em Libras. Localizado no Parque Ibirapuera, o prédio do MAM foi adaptado por Lina Bo Bardi e conta, além das salas de exposição, com ateliê, biblioteca, auditório, restaurante e uma loja.

Redação

Publicidade
Publicidade
/* ]]> */