Mostra na Pinacoteca terá barcos de madeira elevados a 10 metros

0
31

A instalação, do artista José Spaniol, chega à Pinacoteca do Estado no dia 19 de março, e terá enormes barcos de madeira suspensos

TIAMM SCHUOOMM CASH!, esse nome estranho, quase impronunciável e em caixa alta, é o título de uma das mais esperadas exposições do ano em São Paulo. A instalação de José Spaniol, que tem esse nome com sonoridade oriental, traz algumas semelhanças com as composições orientais, e propõe a observação do mar e seu movimento de uma perspectiva bem diferente.

A natureza é mesmo inspiradora. A partir da observação dos movimentos do mar, Spaniol construiu este trabalho, que faz referência às ondas, à imprevisibilidade e às surpresas que os oceanos guardam. A instalação, que está posicionada no octógono da Pinacoteca do Estado, tem como base dois barcos de madeira, cada um com seis metros de comprimento. As embarcações estão elevadas a 10 metros de altura, sustentadas por escoras de bambu. A suspensão dos barcos cria um cenário ficcional, que sugere uma paisagem escultórica, em que a ausência da água e de seu movimento é o oposto da tensão das escoras sólidas de madeira.

Essa obra faz parte de uma série de trabalhos relacionados às sonoridades do mar e sugere que o observador a aprecie a partir de um ponto de vista improvável e desestabilizador. TIAMM SCHUOOMM CASH! ocupa o mesmo eixo das pinturas ascensionais, de cúpulas e dos tetos. Semelhante às composições orientais, nos vemos diante de uma perspectiva aérea, onde as relações espaciais não se definem por aspectos fixos. Esses planos elevados provocam certa vertigem, enfraquecem as medidas e tendem a dissolver os limites”, explica José Spaniol.

Nascido em São Luiz Gonzaga, no Rio Grande do Sul, José Spaniol é pintor, desenhista, gravador, escultor e professor.

A instalação de José Spaniol inaugura o calendário deste ano do projeto Octógono, que abre espaço às mostras de arte contemporânea, abrindo, em paralelo ao acervo fixo do museu, um espaço destinado aos novos nomes da arte. A expectativa é de que o projeto receba, no decorrer do ano, mais de 40 trabalhos, de artistas brasileiros e estrangeiros.

A mostra TIAMM SCHUOOMM CASH! ficará em cartaz na Pinacoteca do Estado até o dia 30 de maio. A visitação é aberta de quarta a segunda, entre as 10h e as 17h30, com permanência até às 18h. O valor dos ingressos varia entre R$ 3 e R$ 6, e crianças menores de 10 anos e adultos maiores de 60 entram de graça. Aos sábados a entrada é gratuita para todos os visitantes.

TIAMM SCHUOOMM CASH!, de José Spaniol
Onde: Pinacoteca do Estado de São Paulo
Quando: 19 de março a 30 de maio, de quarta a segunda, das 10h às 17h30
Endereço: Praça da Luz, 2 – Luz
Ingressos: R$ 3 a R$ 6. #VáDeGraça aos sábados

Gostou deste artigo? Deixe um comentário!