Exposição Mondrian e o Movimento De Stijl termina hoje em São Paulo

0
26
Foto da escultura baseada ma obra de Mondrian

A última oportunidade para quem quiser ver a mostra Mondrian e o Movimento De Stijl em São Paulo é hoje, até às 21h. Na próxima semana a exposição parte para Brasília, e depois seguirá para Belo Horizonte e Rio de Janeiro

Hoje é o último dia da mostra Mondrian e o Movimento De Stijl em São Paulo. Se você está na cidade, trabalhando ou passeando pelo Centro, o conselho do Vá de Cultura é que separe 2 horas do seu dia e dê um pulo até o prédio do Centro Cultural Banco do Brasil, porque vale muito a pena. É uma oportunidade única de ver as obras originais de Mondrian e de outros importantes artistas do movimento De Stijl.

Essa exposição é muito especial pois traz obras originais, pertencentes ao acervo do museu de Haia, na Holanda, e foram necessários anos de negociação para que fosse possível trazê-las ao Brasil.

O que você vai ver lá?

Muito além de pinturas! Na verdade, sabemos que o trabalho de Mondrian influenciou não só o universo das artes plásticas, mas também a arquitetura e o design. No passeio pelos corredores do CCBB, o visitante verá algumas das principais obras de Mondrian, e também será instruído com vídeos didáticos, quase como uma aula.

Há também experiências muito divertidas, como a Câmera Mondrian, onde é possível posicionar o celular e tirar fotos em um cenário montado com as cores e as formas do De Stijl. Tem também um game muito legal, como se fosse um jogo de Kinect, cujo objetivo é arrastar as formas e as cores numa tela, até formar a composição correta de um dos quadro de Mondrian.

Além das pinturas e das ferramentas interativas, o visitante encontrará móveis, esculturas e até plantas e maquetes de casas construídas sobre o estilo desses artistas. Também tem um painel interativo, em que o visitante aprende sobre a composição das formas, e o objetivo é tentar copiá-las, ganhando pontos à medida em que consegue replicar a forma original apresentada na tela.

Como é o passeio?

Na recepção, logo após pegar os ingressos, que são gratuitos, o visitante desce para o subsolo do prédio, onde circulará por corredores repletos de quadros e recortes históricos com trechos bibliográficos sobre a obra e a vida de Mondrian. Nos corredores também estão algumas telas, onde são exibidos pequenos filmes sobre o artista.

Após conhecer o subsolo, é hora de voltar ao térreo e procurar um elevador. No elevador, o visitante será instruído a visitar o 4º andar: É onde começa a exposição de quadros. Após concluir sua visita no 4º andar, o visitante será direcionado ao 3º, depois ao 2º, e assim por diante, até o térreo, onde estão: O game interativo, a Câmera Mondrian, e uma réplica da cadeira Barcelona, construída por Mies Van de Rohe, onde o visitante poderá se assentar e tirar fotos.

Em cada andar, o visitante receberá um cartão, indicando que o acesso àquela parte da exposição é permitido. Isso ocorre porque o número de pessoas dentro de cada sala, de uma vez, é limitado e controlado. Por isso, caso esteja em um grupo com outras pessoas, verifique se todas poderão entrar de uma vez, juntas. Caso contrário, a dica é ceder o cartão de acesso a outra pessoa, e esperar que o monitor libere a entrada do grupo todo.

O CCBB fica na rua Rua Álvares Penteado, 112, Centro de São Paulo. Pra quem for de carro, a dica é desembarcar próximo à Praça do Patriarca. Há diversos estacionamentos por lá, alguns com preço único. Da Praça do Patriarca, caminhando, o visitante chegará ao prédio do Banco do Brasil em aproximadamente 2 minutos.

Já quem prefere o transporte público, a dica é o Metrô. Aconselhamos o desembarque na estação São Bento, ou Sé, que ficam bem próximas à rua. Vale lembrar que a Rua Álvares Penteado é uma espécie de calçadão, e nela não é permitida a circulação de automóveis.

Esta é a última oportunidade de conhecer a exposição Mondrian e o Movimento De Stijl, em São Paulo. À partir da próxima semana, a mostra partirá para Brasília, e depois passará por Belo Horizonte e Rio de Janeiro, onde ficará até 2017. O Centro Cultural Banco do Brasil funciona hoje, das 9h às 21h. Então, se você quer muito ir à exposição, e não pode fazê-lo no decorrer da tarde, por causa do trabalho ou dos estudos, ainda dá tempo de fazer a visita na parte da noite, até às 21h. Lembramos que a entrada é totalmente gratuita.

Mondrian e o Movimento De Stijl
Quando: Até dia 04 de abril
Horários: Quarta a segunda, das 9h às 21h
Onde: Centro Cultural Banco do Brasil
Endereço: Rua Álvares Penteado, 112 – Centro
Ingressos: #VáDeGraça

Gostou deste artigo? Deixe um comentário!