Caio Reisewitz: Altamira

Preço: R$ 6
Data: 25/Nov até 5/Mar
Horários: Quarta a segunda, 10h às 17h30 (permanência até 18h)

Pinacoteca de São Paulo
Praça da Luz, 2 - Luz, São Paulo - SP

Em cartaz na sala A da Pinacoteca do Estado de São Paulo desde novembro, a exposição fotográfica Altamira, de Caio Reisewitz, apresenta oito imagens da floresta da região de Belo Monte, que dentro de alguns meses será derrubada para a construção da maior usina hidrelétrica do planeta.

Veja também: No subúrbio da modernidade – Di Cavalcanti 120 anos

Sobre a Exposição

Oito fotografias de Caio Reisewitz, recentemente adquiridas pela Pinacoteca por meio de doação feita durante a SP-Arte 2016, serão expostas na sala A. Trata-se de uma série intitulada Altamira, em que o artista documenta a região da floresta de Belo Monte, delimitada pelo rio Xingú, que desaparecerá ao término da construção da terceira maior hidrelétrica do mundo na região.

As fotografias mostram uma natureza intocada, onde a presença humana parece não existir, expondo o paradoxo de que em breve a floresta não estará mais lá. O trabalho de Reisewitz será mostrado ao lado da sala de pinturas de paisagem da mostra de longa duração da Pina, permitindo a reflexão sobre a representação da natureza no século XIX e na contemporaneidade.

Dica do VDC

Estudantes com carteirinha pagam meia entrada. Crianças com até 10 anos e idosos maiores de 60 anos não pagam. A bilheteria fecha 17h30.

Gostou deste artigo? Deixe um comentário!