CCBB SP inaugura em outubro a exposição gratuita ‘Lembrei que Esqueci’

0
377
ccbb-sp-lembrei-que-esqueci
Esferas Hapticas, que estará na exposição 'Lembrei que Esqueci' Foto: Isaias Martins

O Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo apresenta entre os dias 12 de outubro de 2017 e 8 de janeiro de 2018 a exposição “Lembrei que Esqueci”, uma homenagem aos 60 anos de carreira de Amélia Toledo.

Sobre a Amélia Toledo

Contemporânea de artistas como Lygia Pape (1927-2004), Anna Maria Maiolino (1942) e Mira Schendel (1919-1988), Amélia pertence a um grupo célebre por aproximar a arte do cotidiano das pessoas. Em uma época em que se clamava por liberdade e direitos iguais – e o Brasil enfrentava uma longa ditadura militar – ela se consagrava como “grande dama da contracultura no Brasil”, nas palavras de Marcus Lontra.

Temas por andar

A exposição ocorrerá em 4 quatro andares, cada andar possuíra um tema específico:

A Passagem
Em A Passagem, tema do 1º andar, haverá uma profusão de cores, formas, sensações e sentimentos. O princípio desse espaço é que o mundo é um emaranhado de fios e vasos comunicantes translúcidos, espelhados e azuis. O público encontrará caleidoscópios feitos com chapas de aço inox, além da Medusa Azul, estruturas com tubos de PVC recheados com líquidos e óleos coloridos, entre outras obras.

A Memória
A Memória norteará a escolha das obras do 2º andar, composto por duas salas. O objetivo desse espaço é mostrar que a lembrança da matéria é o caminho para a criação de novas verdades. Alguns dos destaques serão o Glu Glu – Anos 60, uma estrutura de vidro soprado com água e espumantes, a Caixinha do sem-fim / Situação tendendo ao infinito, uma caixa de acrílico contendo oito caixas recheadas com mais oito caixas e assim por diante, o Mundo dos Espelhos, módulos em chapa de aço inox espelhado, recortados e perfurados, e o Poço da Memória, cilindro de fibra de vidro revestido internamente com uma chapa de aço inox polida, com um cilindro menor de acrílico e a inscrição “Lembrei que esqueci”.

A Luz
Trabalhos com papel, retalhos, fiapos e farrapos estarão presentes no 3º andar, cujo tema é A Luz. Para esse local foram escolhidas obras que resignificam os gestos femininos de lavar, costurar e cortar, subvertendo a condição subserviente da mulher. Entre os destaques estarão asColagens, sobreposições de papeis de seda de medidas variadas, e Fiapos, feitos com polpa de Iúca, linho, algodão e tela de náilon.

O Destino
Por fim, os trabalhos do 4º andar promoverão uma reflexão sobre o futuro. Sob o mote O Destino, as obras mostrarão que em um mundo dominado pela indústria da comunicação é preciso construir uma linguagem própria e transformadora, gerando novas percepções sobre a vida. Os destaques dessa seção serão os Discos Tácteis, discos de PVC com líquidos e óleos coloridos, e A Onda, composta por um cilindro de PVC também com líquidos e óleos coloridos.

Promgrame-se

Exposição ‘Lembrei que Esqueci’
Quando:
12/10 à 08/01/2018
Horário:
Quarta a segunda, das 9h às 21h
Onde:
Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo
Endereço:
Rua Álvares Penteado, 112 – Centro
Ingressos:
Grátis | #Vádegraça

Gostou deste artigo? Deixe um comentário!