O Menino e O Mundo, de Alê Abreu, terá grandes animações na concorrência

0
81

A animação brasileira O Menino e o Mundo, de Alê Abreu, já ganhou diversos prêmios no mundo inteiro. Venceu, inclusive, o Festival de Annecy, na França, considerado o maior festival de animação do planeta. Lançado em janeiro de 2014 o filme só chegou aos Estado Unidos em 2015 onde foi recebido com admiração pelo público e pelos críticos.

No dia 14 de janeiro o filme recebeu sua maior indicação: O filme brasileiro concorrerá no Oscar. A animação terá pela frente duros concorrentes, como os americanos Divertida Mente, Anomalisa, longa todo montado com a técnica Stop Motion, o japonês Quando Estou com Marnie e o germano-britânico Shaun: O Carneiro. Apesar do páreo duro, há de se comemorar, pois essa foi a primeira vez que uma animação brasileira é indicada à estatueta.

O filme possui uma linguagem própria. Todos os personagens falam o português invertido, de traz para frente, dando ênfase assim às ações e não tanto ao diálogo. As técnicas usadas para a produção foram de desenhos com lápis de cor, giz de cera e colagens.

Nosso filme nasceu como um grito sincero, de liberdade, de amor, um grito político, latino-americano. Mas sobretudo um grito contra o sufoco que a grande indústria cria aos potenciais artísticos, poéticos, e de linguagem da animação. E acho que este grito ecoou onde precisava ecoar. Um momento importante onde filmes de animação mais autorais concorrem ao prêmio maior da indústria de cinema”, declarou Alê, em seu Facebook.

O filme conta a história de um menino que foge da sua aldeia para procurar o pai. Nessa aventura, o garoto se depara com problemas sócias e políticos, como a desigualdade, desemprego, globalização e a crise econômica. Entre a equipe de narradores e músicos estão Emicida, Naná Vasconcelos, Vinicius Garcia e Melissa Garcia. Com a ausência de diálogos compreensíveis a música e a sonoplastia têm grande presença no longa. A 88ª edição do Oscar acontece no dia 28 de fevereiro. Marque esta data e vamos juntos torcer para que o Brasil traga para casa este prêmio.

Gostou deste artigo? Deixe um comentário!