Vá de Cultura

Confira nossa lista dos 8 melhores filmes de comedia com Jim Carrey

Jim Carrey - Sim Senhor

Separamos em uma lista alguns dos melhores filmes de comédia com Jim Carry. Relembre clássicos do cinema e veja outras curiosidades neste artigo.

Ator, produtor, comediante e roteirista. Dizer que James Eugene, nosso querido Jim Carrey, é um gênio da comédia não é nenhum exagero. O homem já ganhou dois globos de ouro. Um em 1999 e um em 2000, nas categorias Melhor Ator, pelo drama “The Truman Show” (“O Show de Truman”, título brasileiro), e “Man on the Moon” (“O Mundo de Andy”), respectivamente. Foi indicado a outros quatro globos de ouro, em 1995, 1998, 2001 e 2005.

É claro que sempre lembramos de Jim Carrey por seus trabalhos em comédias, mas ele também se saiu muito bem em outros gêneros cinematográficos. É o caso do suspense “True Crimes”, de 2016, “Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças”, de 2004 e “Número 23”, de 2004, entre outros títulos.

Leia também: Confira a ordem dos filmes da Marvel e veja quais são os próximos

Os melhores filmes de comédia com Jim Carrey

Para animar a sua semana, a gente separou oito filmes de comédia imperdíveis, com Jim como protagonista. Claro que ele fez mais do que oito, mas esta seleção é especial. Os filmes estão organizados por ordem cronológica.

Débi e Loid (1994)

Jim Carrey - Débi e Loid

Quem não se lembra destes dois idiotas em apuros? O filme conta a história de Lloyd Christmas e Harry Dunne, dois amigos gente boa, mas um tanto atrapalhados. Eles encontram uma maleta cheia de dinheiro e resolvem viajar até o Colorado para devolver a grana à sua dona. No caminho eles se metem em confusões engraçadíssimas, e passam a ser perseguidos por bandidos. O jeito atrapalhado e bobalhão dos personagens acaba ajudando-os, e algumas coincidências fazem com que os vilões pensem que eles são extremamente inteligentes.

Este é um dos filmes mais característicos de Jim Carry, que ao lado de Jeff Daniels perpetuou suas peculiares caretas, gestos e trejeitos. Foi Débi e Loid que lançou a personalidade cômica de Jim para o mundo. O longa ganhou 2 prêmios no MTV Movie Awards e foi indicado à Framboesa de Ouro, na categoria de Pior Revelação.

O Máskara (1994)

Jim Carrey - O Máskara

“Eu sou o Máskara”. Dizia o inesquecível homem verde de terno amarelo. O filme apresenta uma espécie de super herói cômico, baseado nos quadrinhos de Mike Richardson. A história gira em torno de uma máscara de vudu, que a cada história é utilizada por um personagem diferente. No caso do filme, quem utiliza o acessório é Stanley Ipkiss, personagem vivido por Jim Carrey. O que pouca gente sabe é que na história original, o Máskara não é bricalhão, mas um ser vingativo e sombrio, conhecido na cidade como “Big Head” (Cabeça Grande).

No filme, Jim Carrey dá vida a um Máskara completamente diferente. Um justiceiro com super poderes bem diferentes, capaz de guardar enormes bombas relógio na cueca, estourar vidros com uma pequena buzina de mão e fazer seus adversários dançarem o ula ula. O filme levou um MTV Movie Award e um Nickelodeon Kid’s Choice Award, em 1995 e foi também premiado com o Kids’ Choice Award no mesmo ano.

Ace Ventura (1994)

Jim Carrey - Ace Ventura

O detetive de animais. Ace Ventura (Jim Carrey) é um detetive atrapalhado que passa a vida investigando crimes que envolvem animais. Sua primeira missão neste filme é descobrir o que houve com um golfinho, mascote de um time de futebol americano. O animal sumiu e Ace Ventura parte em um divertida e engraçada jornada atrás dos possíveis sequestradores.

Este filme também marcou a carreira de Jim Carrey por causa do aspecto do personagem. Seu enorme topete e os característicos óculos escuros se destacavam junto à roupa colorida e descolada deste detetive. O título “Ace Ventura” foi indicado ao MTV Movie Awards na categoria Melhor Comediante, e ao troféu Framboesa de Ouro, na categoria Pior Revelação.

O mentiroso (1997)

Jim Carrey - O Mentiroso

Este é, sem dúvida, um dos mais engraçados da carreira de Jim Carrey. A história gira em torno de Fletcher Reede, um advogado trapalhão que vive mentindo e inventando desculpas para seu filho Max. No dia de seu aniversário, cansado das mentiras do pai, Max faz um pedido antes de soprar as velas. Ele pede que o pai não consiga mentir por um dia.

O pedido se realiza, e Fletcher passa a não conseguir mentir mais. Sua vida se torna um inferno, porque além de ter de dizer a verdade em várias cenas engraçadas, o advogado tem uma audiência importantíssima naquele dia. Impedido de mentir, ele quase coloca tudo a perder enquanto defende o caso de uma cliente desonesta.

Por este filme, Jim Carrey recebeu uma indicação ao Globo de Ouro na categoria Melhor Ator.

Eu, eu mesmo e Irene (2000)

Jim Carrey - Eu, Eu mesmo e Irene

Um clássico da comédia. O filme apresenta o personagem Charlie, vivido por Jim Carrey. Charlie é um policial não muito respeitado pelos moradores da cidade onde trabalha. Ele foi traído pela esposa Layla, que o trocou por um motorista anão. Ele não acredita que ela o traiu, mas a esposa fica grávida e dá à luz três filhos negros. Layla o abandona e deixa os trigêmeos para Charlie cuidar.

Charlie, porém, tem um problema. Ele tem um transtorno de dupla personalidade. Quando deixa de tomar seus remédios seu corpo é tomado por Hank, uma personalidade com hábitos completamente opostos aos de Charlie. Hank bebe, fuma, é mal educado e agressivo. De repente Charlie é selecionado para proteger Irene Waters, uma bela mulher que é ameaçada por seu ex-marido.

Ele se aproxima da moça, e começa uma luta interna com Hank para ver quem domina o mesmo corpo. O filme foi indicado ao MTV Movie Awards em 2001.

Todo poderoso (2003)

Jim Carrey - Todo Poderoso

Este filme traz carinhosamente uma lição de vida ao espectador. Mas não podíamos deixá-lo de fora da lista de comédias, devido às cenas cômicas e divertidas do personagem Bruce Nolan, um repórter que sonha em ser o âncora da emissora de sua cidade, mas sempre é impedido por alguém ou alguma situação.

No fim de um dia ruim, em que um colega de quem Bruce pouco gosta é indicado para o cargo de âncora pelo dono da emissora, ele começa a ridicularizar Deus, que resolve aparecer sob forma humana e conceder a Nolan todos os seus poderes. Durante uma semana Deus tira férias, e Bruce Nolan fica responsável por cuidar das preces de toda a humanidade. O personagem entra em uma divertida jornada, que além de ser muito engraçada o ensina algumas lições. “Todo Poderoso” recebeu duas indicações ao MTV Movie Awards.

As loucuras de Dick e Jane (2005)

Jim Carrey - As aventuras de Dick e Jane

Dick e Jane são um casal, que vivem uma vida bem parecida com a da maioria de nós. Trabalham duro e mantém uma situação financeira apertada. Um dia, após ser promovido, Dick vê a empresa onde trabalha falir. Desesperado para pagar a hipoteca da casa em que vive com Jane, eles bolam um plano e começam a roubar. Quando descobrem que a falência aconteceu por causa de um enorme desvio de dinheiro, os dois procuram o responsável, o dono da empresa, e se empenham em um engraçado e plano de vingança.

Sim Senhor (2008)

Jim Carrey - Sim Senhor

Carl Allen é um homem que diz não para tudo. Sempre que os amigos o convidam para sair, ou para fazer algo, ele diz não. Inventa desculpas e dá um jeito de despistar os convites. Até que um dia, por acaso, ele se inscreve em um programa de auto-ajuda cuja proposta é fazer com que os inscritos digam “sim” às situações da vida. Allen leva aquilo ao pé da letra, e acha que deve dizer sim para absolutamente tudo. Por causa disse se mete em altas confusões, e ele parte em uma jornada para tentar encontrar o palestrante e confrontar seus métodos.

Sua opinião

E você, leitor. Lembra de algum outro filme legal com Jim Carrey ou alguma outra comédia que tenha te marcado? Conta pra gente deixando um comentário aqui no artigo.

Luiz Pachella

Jornalista, especialista em marketing digital e pai da Luiza. Editor do site Vá de Cultura. Adora café, música e acredita que a comunicação é a chave para mudar o mundo.