Vá de Cultura
Publicidade

Cinco filmes para ver no dia da Proclamação da República

Xica da Silva
Xica da Silva

Fizemos uma coletânea para você maratonar nesse feriado

Publicidade

Parabéns, República do Brasil. Há 129 anos o Brasil deixava de ser uma monarquia para se tornar uma república federativa presidencialista. O regime imperial caro e ineficiente foi derrubado em 15 de novembro de 1889 em um levante político comandado pelo marechal Deodoro da Fonseca.

Para passar o feriado comemorado essa data histórica tão importante para o país, listamos cinco filmes que retratam partes da história do nosso Brasil.

Descobrimento do Brasil

Dirigido por Humberto Mauro, o filme de 1940 é baseado na carta de Pero Vaz Caminha enviada para Portugal para retratar as terras e o povo brasileiro para a corte portuguesa. Descobrimento do Brasil foi o primeiro filme que retratou a história do descobrimento.

Carlota Joaquina, princesa do Brazil 

Cartaz do filme “Carlota Joaquina Princesa do Brazil”

Com Marieta Severo, o filme de 1994 conta a história de Carlota Joaquina de Bourbon, esposa de Dom João VI. A sátira é considerada um dos percursores do renascimento do cinema brasileiro, o que o torna um filme essencial para quem é fã do cinema nacional.

Xica da Silva

Cartaz de “Xica da Silva”

Com Zézé Mota, esse clássico foi visto por mais de 4 milhões de pessoas em 1977 quando foi lançado nos cinemas brasileiros. O filme retrata a história de Xica da Silva, a primeira escrava negra que se tornou dama na história. Isso aconteceu após o casamento com o milionário de diamantes João Fernandes de Oliveira. O filme retrata o período apogeu da exploração de ouro e minérios em Minas Gerais em paralelo com a história de Xica após o casamento e suas dificuldades.

Guerra de Canudos

Cartaz do filme “Guerra de Canudos”

Com Marieta Severo e José Wilker, o filme de 1997 retrata a história de Canudos sob a ótica de uma mulher,  Luíza, que se recusa a seguir a família quando ela se junta à peregrinação de Antonio Conselheiro na região de Canudos, no sertão nordestino.

Pra Frente, Brasil

Cartaz do filme “Pra Frente Brasil”

Com Antônio Fagundes, o filme de 1982 foi o primeiro filme a retratar abertamente a ditadura militar brasileira, com ênfase na ação policial. Um trabalhador é preso e torturado depois de ser confundido com um ‘subversivo’ de esquerda em junho de 1970, um dos momentos mais duros da ditadura.

Paula Prata

Estudante de comunicação social com foco em Jornalismo, redatora, apaixonada por musicais, teatro, música, cinema, TV e cultura pop em geral.

Publicidade
Publicidade
/* ]]> */