Unidos de Vila Maria terá enredo sobre Bolaños e a Turma do Chaves

0
34

A escola de samba Unidos de Vila Maria trará a história do México para o Sambódromo em 2018. O país, berço de Roberto Gómez Bolaños, criador do Chaves, será o tema do próximo enredo da agremiação. Os personagens criados por um dos maiores gênios do entretenimento serão o ponto central e ajudarão a escola a mostrar as belezas da terra dos astecas e maias.

O enredo fala das antigas civilizações e de como elas contribuíram para a formação da identidade cultural do país. As festas tradicionais, a religiosidade, as artes, os costumes, as belezas naturais e a culinária local também fazem parte do tema. Em ordem cronológica, a Vila Maria apresentará o desenvolvimento da nação mexicana até os dias de hoje.

LEIA TAMBÉM: Marvel lança super-heroína inspirada no Chapolin Colorado de Bolaños

Sigam-me os bons!

Para representar a alegria do povo mexicano, a escola de samba escolheu como porta-vozes os divertidos personagens de Bolaños. O Chapolin Colorado e a Turma do Chaves serão os condutores dessa viagem a um dos recantos culturais mais belos da terra.

Segundo o Carnavalesco Fran Sergio, os personagens foram escolhidos porque são, até hoje, figuras que levam, por meio de um humor inocente, a magia e a felicidade do México ao mundo todo.

O enredo

Composto pelas frases mais famosas do menino pobre da Vila e do super-herói desajeitado, o título do enredo evidencia ainda mais as criações de Bolaños. “Aproveitam-se de minha nobreza, você não soube, não te contaram? Suspeitei desde o princípio! Não contavam com minha astúcia! Arriba Bolanõs, arriba Vila, arriba México”. Roberto Bolaños morreu no dia 28 de novembro de 2014, aos 85 anos, e até hoje é conhecido mundialmente por sua contribuição para o cinema e televisão.

Os filhos do México

A homenagem não engloba apenas Chespirito. Outros nomes e manifestações ganham destaque, como Frida Kahlo e sua importância para as artes plásticas, as festas religiosas, como a Festa dos Mortos, que celebra a vida de um jeito diferente e enigmático, e Nossa Senhora de Guadalupe, padroeira do povo mexicano.

A Unidos de Vila Maria conquistou em 2017 a sétima posição no carnaval de São Paulo, com um enredo sobre os 300 anos da aparição da imagem de Nossa Senhora Aparecida.

Gostou deste artigo? Deixe um comentário!