Vá de Cultura
Publicidade

Sesc Pinheiros apresenta o projeto musical “Exploratório”

O projeto é dedicado à música nas fronteiras da linguagem, dialogando com vanguardas e experimentalismos.

Publicidade

Projeto Exploratório

Preço: R$25
Data: 05/dez - 07/dez
Horário: 20h30

Sesc Pinheiros
R. Pais Leme, 195 - Pinheiros, São Paulo - SP
Transporte público: Metrô Faria Lima – 500m / Estação Pinheiros – 800m
| como chegar |

Durante três dias, o auditório do Sesc Pinheiros será palco da nova edição do Exploratório, projeto concebido pela unidade que privilegia concertos de música experimental e práticas sonora contemporâneas. As apresentações acontecem de 5 a 7 de dezembro, quarta e sexta-feira, às 20h30, com dois concertos em cada data.

Tildaflipers
Tildaflipers

Programação

Show – Duo Panda Gianfratti e Paulinho Bicolor + Julien Desprez (FRA)
Dia 5 de dezembro, quarta-feira, às 20h30

O duo formado por Antonio Panda Gianfratti e Paulinho Bicolor se propõe à construção de composições de livre criação com ênfase em dois instrumentos musicais de identidade historicamente marcada no contexto da música popular brasileira, o berimbau e a cuíca. Os músicos exploram as estruturas musicais convencionais em que o berimbau e a cuíca encontram-se inseridos para estabelecer pontes com técnicas estendidas de execução e exploração sonora, visando, sobretudo, romper suas fronteiras criativas na direção da expansão de seus horizontes sonoros sob uma perspectiva experimental e contemporânea.

Show – Paulo Hartmann, Nueve Voltios (COL) e José Manuel Berenguer (ESP) + Marcelo Armani
Dias 6 de dezembro, quinta-feira, às 20h30

Pioneiro na relação entre arte, improvisação livre e tecnologia, Paulo Hartmann apresenta uma performance audiovisual ao lado de artistas referências em performances com Telemática: Leo Gonzales e Mache do coletivo Nueve Voltios (Colômbia) e José Manuel Berenguer (Espanha). Nueve Voltios e José Manuel Berenguer apresentam-se desde seus países de origem via streaming.

Show – National + Tildaflipers (ARG)
Dias 7 de dezembro, sexta-feira, às 20h30

Cercados por sintetizadores, osciladores e filtros analógicos e digitais, Agnaldo Mori e Glauco Felix conduzem uma envolvente e agressiva sinfonia, repleta de desconstruções rítmicas e tonais.  O duo apresenta clusters, glitchs e drones, buscando a abstração e as novas linguagens sonoras que refletem a interação e o imaginário da vida contemporânea e a relação homem e máquina.

Redação

Publicidade
Publicidade
/* ]]> */