Entrelinhas Urbanas: Livro apresenta 96 bairros de SP em 96 ilustrações


As obras foram criadas por 96 artistas, moradores dos bairros abordados no livro. Há também uma exposição do Entrelinhas Urbanas na Praça das Artes.




Um livro que não pode ficar de fora da sua agenda literária e que é indispensável pra quem ama a cidade de São Paulo. O projeto Entrelinhas Urbanas, que virou livro e exposição, traz em suas páginas um retrato dos 96 distritos que compõe a capital paulista. Toda essa história é contada de forma ilustrada, com desenhos criados por artistas paulistanos.

A cidade de São Paulo está dividida em 96 regiões que, além de suas características geográficas, abrigam talentos locais e características culturais específicas. Tem o Itaquera do Corinthians, o Jaçanã do Adoniran Barbosa e a fumaça dos ônibus de Santana. Nada melhor do que uma história contada por quem vive o dia a dia de cada um desses espaços. O livro é composto pelos trabalhos de 96 artistas, um de cada região.

Segundo a idealizadora do Entrelinhas Urbanas, Mariana Jorge, o processo de escolha dos artistas foi extremamente cuidadoso. Cada um representou no livro, com traços muito particulares, sua perspectiva sobre a região onde vive. O resultado desse processo todo é o livro físico, que já está à venda, e uma exposição que ficará em cartaz na Praça das Artes até o dia 28 de junho.

Arte do livro Entrelinhas Urbanas.

Artes. À esquerda Pinheiros, por Daniel Wu, e à direita Iguatemi, Zona Leste, por Bruno Mota

Entrelinhas Urbanas – O Livro, em detalhes

Mariana Jorge explicou que a ideia é que, em um futuro próximo, o livro Entrelinhas Urbanas esteja disponível para compra nas principais livrarias da capital. Por enquanto a venda acontece somente pela internet.

Uma novidade boa é que você, leitor do Vá de Cultura, pode comprar o livro agora mesmo com 10% de desconto. É só clicar no link ao lado. Aproveite para reservar já o seu pois essa promoção é válida só até o fim da exposição, e os exemplares são limitados.

O projeto apresenta uma ilustração feita por cada artista e ao lado, nas páginas da esquerda, um histórico do respectivo bairro com a sua marcação no mapa. O Entrelinhas é, de certa forma, um mapeamento da cidade de São Paulo. Mais que um mapeamento geográfico, porém, o projeto é um mapeamento cultural e social. É uma experiência de percepção e de compreensão da cidade.

A exposição

Se você ainda não tem o livro, uma opção é conhecer o trabalho desses 96 artistas na exposição que está em cartaz na Praça das Artes. Todas as obras que fazem parte da publicação estão disponíveis para visitação, gratuitamente, até o dia 28 de junho. Você encontra mais detalhes sobre a exposição Entrelinhas Urbanas na agenda do Vá de Cultura.


Gostou do artigo? Então deixe um comentário!