Vá de Cultura

“Menopausa – O Musical”, chega a São Paulo em agosto

Dos mesmos produtores de “Os Monólogos da Vagina”, nova produção dialoga com bom humor sobre a relação da mulher com sua idade e sexualidade.

Menopausa - O Musical"

Preço: A partir de R$40 | comprar ingressos |
Data: 10/ago - 21/out
Horário: Sextas às 21h, sábados às 20h e domingos às 16h

Teatro Gazeta
Av. Paulista, 900 - Bela Vista, São Paulo - SP
Transporte público: Metro Brigadeiro - L2
| como chegar | confirmar presença |

A chegada da meia-idade e o universo da mulher estão em foco no texto de “Menopausa – O Musical”. O cômico espetáculo, estreou em Orlando, na Flórida, em 2001, migrando para o circuito Off-Broadway em 2002 – onde completou temporada de 1.500 apresentações -, desde então já percorreu mais de 450 cidades nos Estados Unidos e diversos países. Fenômeno em Las Vegas há 12 anos, é o espetáculo de temporada mais longa da história da cidade, sendo premiado em 2015 como o “Best Scripted Live Show”.

Inédito no Brasil, ele chega ao Teatro Gazeta, em São Paulo, a partir de 10 de agosto, pelas mãos de Cássio Reis e Anderson Bueno, mesmos produtores da icônica comédia, também feminina, “Os Monólogos da Vagina”, conhecida no país há quase 20 anos.

As personagens vividas pelas atrizes Adriana Fonseca, Alessandra Vertamatti, Bibba Chuqui e Simone Gutierrez, além de Luciana Milano na função de stand-in, tem dupla missão: todas são responsáveis não apenas por entreter, mas também por abordar este universo de forma instrutiva, onde muito além de apontar os sintomas, é proposto um maior entendimento ao público sobre o que esse momento realmente significa para as mulheres. Além de uma trilha sonora super animada e divertida essa peça conta ainda com a locução em off da atriz, humorista e imitadora Fafy Siqueira.

Sinopse

Cheias de personalidade, cada mulher retratada em cena encara a vida de uma maneira e enfrenta esta nova fase de forma diferente. Apresentando arquétipos em vez de personagens reais, o espetáculo traz a Atriz, a Hippie, a Executiva e a Dona de Casa do Interior, que, complementares, formam o quarteto disposto a lidar de forma bem-humorada com os detalhes e preciosidades de ser mulher, especialmente neste período fisiológico, que tende a ocorrer entre os 45 e 55 anos de idade. “Elas são um reflexo de todas as mulheres. Toda mulher tem um pouquinho de cada personagem”, diz o diretor, visagista e produtor Anderson Bueno.

 

Redação

/* ]]> */