Vá de Cultura
Publicidade

Crespo Festival acontece nesta semana em São Paulo

Festival Crespo
Festival Crespo

Festival recebe Liniker e os Caramelows mais convidados

Publicidade

Crespo Festival

Preço: A partir de R$40 | comprar ingressos |
Data: 23/nov - 24/nov
Horário: Sexta Feira das 21h às 04h

Tropical Butantã
Av. Valdemar Ferreira, 93 - Butantã, São Paulo - SP,
Transporte público:
| como chegar | confirmar presença |

A 1ª edição do Crespo Festival chega a São Paulo em novembro com uma programação afrontosa!

Enrolado e resistente, o crespo mostra toda a sua leveza e grandiosidade, pontos principais desse encontro de artistas pretos de diferentes lugares do mundo: Moçambique, Haiti, Angola e Brasil.
São trabalhos com sonoridades singulares e negritudes próprias, cada qual composto por outras influências dos países de origem de seus autores. Seja no ritmo do calor caribenho de Vox Sambou, na dinâmica entre voz e percussão de Selma Uamusse ou no funzy dançante de Liniker e os Caramelows, é nítida a presença de uma matriz comum da força ancestral da África.

As atrações: 

Liniker e os Caramelows

Liniker e os Caramelows, atração principal do festival

Com mix de R&B, Soul, música africana e brasileira, em pouco tempo, a banda foi de Norte a Sul com a Remonta Tour, atuando em renomados festivais no Brasil e no mundo, como SXSW, SummerStage, Primavera Sound, Reeperbahn, Womad e Rock in Rio. Este será o primeiro show da banda em São Paulo desde o término da World Tour deste ano e também apresentará pela primeira vez seu novo single a ser lançado no começo do mês, junto a outras novidades.

Vox Sambou

Vox Sambou, uma das atrações do festival

Vox Sambou já foi chamado de “embaixador do hip hop haitiano” e de “a eterna voz do Haiti”. Letrista habilidoso e perspicaz, o artista volta ao Brasil para apresentar seu quarto trabalho, o EP Eritaj. Com letras em criolo, francês, inglês, espanhol e português, Vox Sambou envolve o público com melodias contagiantes e sua mistura de hip hop com afrobeat, grooves latinos e batidas de reggae, além de buscar elementos de gêneros do Haiti.

Selma Uamusse 

Selma Uamusse, representante de Moçambique no festival

Vivendo em Lisboa, mas natural de Maputo, a cantora Selma Uamusse apresenta uma sonoridade que transita entre o jazz, o soul e o rock com uma presença musical marcante da rítmica moçambicana. Flexível, a artista já fez tributos a Billie Holiday e Nina Simone, além de integrar formações de diversos estilos musicais, como a Wraygunn, indo do afrobeat aos blues. Atualmente, Selma está em fase de concepção de seu primeiro disco solo, com produção musical de Guilherme Kastrup.

Nessa noite de reencontro dessa herança e da diáspora africana, temos a celebração cada vez mais presente e contundente da consciência negra.

 

Paula Prata

Estudante de comunicação social com foco em Jornalismo, redatora, apaixonada por musicais, teatro, música, cinema, TV e cultura pop em geral.

Publicidade
Publicidade
/* ]]> */