Memorial da Resistência apresenta documentário sobre a ditadura militar


O documentário Aconteceu Bem Aqui, de Camilo Tavares, integra o projeto Sábado Resistente, e será apresentado neste sábado, dia 11 de junho, no Memorial da Resistência


Montagem feita com retratos de pessoas vitimas da ditadura militar

O documentário Aconteceu Bem Aqui, de Camilo Tavares, integra o projeto Sábado Resistente, e será apresentado neste sábado, dia 11 de junho, no Memorial da Resistência

Em mais uma edição do projeto Sábado Resistente, o Memorial da Resistência apresenta, no próximo sábado, dia 11 de junho, alguns vídeos do projeto Aconteceu Bem Aqui. O evento foi organizado por meio de uma parceria entre a Secretaria de Cultura do Estado e o Núcleo de Preservação da Memória Política.

Mesa Redonda com Convidados

Além da apresentação do filme, uma mesa redonda estará aberta para debate, e receberá Clara Castellano, Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo, Camilo Tavares, Diretor do projeto Aconteceu bem aqui e do documentário O dia que durou 21 anos, que fala sobre o período da ditadura civil-militar no Brasil, e Renato Cymbalista, Professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo. Ele é doutor em Estruturas Ambientais Urbanas pela mesma Universidade.

Aconteceu Bem Aqui

O projeto Aconteceu bem aqui foi idealizado pela Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, e produzido pelo diretor Camilo Tavares. Composto por cinco vídeos documentais, de relatos de resistentes do período da ditadura militar e de hoje, são retratados lugares emblemáticos  da cidade de São Paulo, que fazem parte da paisagem e dos trajetos cotidianos dos cidadãos e cuja história real são invisíveis para a população em geral.

Muitos lugares e equipamentos públicos foram palco das mais diversas atrocidades praticadas por militares. Além disso, vários logradouros municipais receberam, como nome, homenagens aos violadores de direitos humanos.

Com linguagem lúdica, informativa e dinâmica, a série torna acessível à população informações sobre os fatos ocorridos nesses cinco marcos simbólicos de luta pela preservação da democracia e pelo respeito aos Direitos Humanos.

As marcas deixadas pela ditadura civil-militar no país não foram somente as que carregaram os que a ela se opuseram. Elas estão  também fortemente impressas na relação dos cidadãos com os espaços públicos das suas cidades. No caso da cidade de São Paulo, devido à cultura do medo gerada pelas perseguições políticas, muitos locais públicos deixaram de ser locais de expressão da cidadania, de encontro e da coletividade”, explica Clara Castellano, coordenadora do Projeto Direito à Memória e Verdade da Prefeitura.

Então anote aí pra não esquecer. Esta edição do projeto Sábado Resistente, em que o Memorial da Resistência exibirá o documentário Aconteceu Bem Aqui acontecerá no dia 11 de junho, sábado, à partir das 14h. Confira abaixo a programação em detalhes.

Aconteceu Bem Aqui – Sábado Resistente
Quando: 11 de junho, sábado
Horário: 14h
Onde:
 Memorial da Resistência
Endereço: Largo General Osório, 66 – Santa Ifigênia
Ingressos: #VáDeGraça
Local acessível: Sim


Gostou do artigo? Então deixe um comentário!