39ª Mostra de Cinema chega ao fim com exibição do filme “Um Dia Perfeito”


Além da premiação será exibido o filme Um Dia Perfeito, de Fernando Léon de Aranoa, fechando a 39ª edição da Mostra Internacional de Cinema de São Paulo




Chega ao fim hoje, 04 de novembro, em São Paulo, a 39ª Mostra de Cinema, que exibiu em diversas salas de São Paulo, no decorrer das últimas duas semanas, mais de 300 filmes, entre curtas e longas metragens de diversos países. Este ano o foco da mostra foi o cinema nórdico, com destaque para as produções da

O júri desta 39ª edição, composto por Geraldine Chaplin, Iván Wyszogrod , Luis Miñarro, Nathanel Karmitz e  Paulo Machiline, estará presente no evento, que será encerrado com a exibição do longa Um Dia Perfeito, de Fernando León de Aranoa, com Benício Del Toro e Tim Robbins.

Antes da exibição do longa será realizada a premiação da Mostra, resultante da votação do púbico e da deliberação do Júri Internacional, que terá definido os vencedores do Troféu Bandeira Paulista (uma criação da artista plástica Tomie Ohtake) nas categorias melhor filme de ficção, melhor documentário e outras categorias que o júri desejar. Também haverá a entrega da premiação do público, que escolhe, entre os estrangeiros, o melhor filme de ficção e o melhor documentário, e os melhores brasileiros nas duas categorias. Neste ano, a Mostra também dará um prêmio de R$50.000,00 ao cinema brasileiro, oferecido pela RT Features, sendo R$15.000,00 ao melhor documentário e R$35.000,00 à melhor ficção. E, finalmente, a Mostra também entregará o prêmio do Júri da ABRACCINE, oferecido ao melhor filme brasileiro ainda não premiado em outros festivais, e o prêmio do Júri Autores de Cinema, dado ao melhor roteiro dentre os filmes mais votados na competição.

oferecimento-sp-old

Sinopse de Um Dia Perfeito

Um grupo de agentes humanitários tenta remover um cadáver de um poço em uma zona de conflito armado. O corpo foi deixado ali para contaminar a água e cortar o fornecimento para a população local. Mas as circunstâncias transformar uma tarefa simples em missão impossível. Humor, drama, carinho, rotina, perigo, esperança: tudo cabe em um dia perfeito.

Sobre o autor; Fernando Léon de Aranoa

Nasceu em Madri, na Espanha, em 1968. Formou-se em cinema na Universidade Complutense de Madri. Depois de fazer carreira como roteirista, dirigiu o primeiro longa, Familia, em 1996. Também dirigiu Segunda-Feira ao Sol (2002, 26ª Mostra), vencedor no Festival de San Sebastián, Princesas (2005, 30ª Mostra) e Invisibles (2007, 31a Mostra).

Assista ao Trailer


Gostou do artigo? Então deixe um comentário!